GP1

Esportes

Troféu Brasil de Atletismo inicia nesta quinta em São Paulo

Delegação chegou nesta madrugada à Bragança Paulista. Alguns buscam índice para vislumbrar Olímpiadas.

Inicia nesta quinta-feira (10) a principal competição de atletismo do país, o Troféu Brasil, que vai até domingo (13) e acontece em Bragança Paulista. A delegação piauiense chegou a São Paulo esta madrugada, após um atraso no voo. O técnico Antônio Nilson conversou com o GP1 sobre as expectativas da competição que pode alçar atletas para os índices olímpicos.

“Essa competição é de suma importância, por se tratar da maior competição da América Latina. Todos os atletas brasileiros que pretendem brigar por vaga nas Olímpiadas [de Tóquio, que ocorrem de 23 de julho a 8 de agosto], inclusive atletas de outros países da América do Sul estão presentes”, disse o técnico.

Foto: Reprodução/Ascom CBATJoão Henrique, atleta piauiense
João Henrique, atleta piauiense

Atletas que disputarão pelo Piauí são 6, de cinco equipes diferentes, há ainda 7 nomes que competirão federados pelo Maranhão.

O técnico demonstrou preocupação devido ao volume de competições disputadas, pois as mesmas necessitaram reduzir seus números devido a pandemia de coronavírus.

“Infelizmente não tivemos outras e essa será a primeira competição de alguns atletas, o que é ruim, porque pra chegar na maior competição da categoria você precisa ter feito entre 5 a 6 provas no ano. Por exemplo, será a primeira competição da Letícia Lima no ano, esperamos que tudo dê certo e que a acertemos a corrida”, retoma Antônio Nilson.

De todos, o atleta com maior número de competições no ano é João Henrique. Esse ano ele já esteve nos Estados Unidos onde correu três provas, compôs a equipe vice-campeã na Polônia e foi campeão Sul-americano na prova 4x400 no Equador.

“Ele foi medalhista ano passado então há uma expectativa que ele esteja no pódio novamente. Junto com ele, Cristiane Santos que também competiu nos Estados Unidos e veio para brigar por vaga no pódio”.

Os times treinaram em espações atípicos durante o ano por conta dos locais de treinos terem de ser fechados para manter que se mantivesse o distanciamento social e o isolamento para conter a disseminação de covid-19.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.