Colunista Valdomiro Gomes
GP1

Teto de ginásio poliesportivo desaba em Água Branca durante temporal

No centro da cidade o muro de um galpão em construção caiu e atingiu seis carros estacionados.

Um temporal foi registrado em diversas cidades de microrregião do Médio Parnaíba nessa sexta-feira (15) ocasionando vários estragos, prejuízos e mais de 50 mil consumidores sem energia elétrica. Segundo a Equatorial Piauí, pelo menos 17 cidades tiveram o fornecimento de energia interrompido.

Na cidade de Água Branca, onde foram registrados os maiores estragos, moradores relataram que o fenômeno durou cerca de 20 minutos. A chuva com ventos fortes derrubou placas, muros e postes, e dezenas de casas foram destelhadas e muros caídos. No centro da cidade um muro de um galpão em construção caiu e atingiu seis carros estacionados.

Foto: Valdomiro Gomes/Canal 121Galpão em construção caiu e atingiu seis carros
Galpão em construção caiu e atingiu seis carros

Diversos órgãos públicos foram atingidos no temporal. A estrutura de metal que cobre a quadra do Ginásio Poliesportivo João Tataíra não suportou a ação do vento e acabou desabando. No momento do ocorrido várias crianças jogavam futsal. Não há relatos de feridos.

Foto: Valdomiro Gomes/Canal 121Ginásio Poliesportivo
Ginásio Poliesportivo

Há relatos de estragos e prejuízos em outras cidades do Médio Parnaíba.

A Equatorial emitiu nota informando o temporal que atingiu a região na tarde dessa sexta-feira ocasionou o desarme da Subestação São Pedro do Piauí e o bloqueio da Linha de Distribuição de 69 kV que interliga as subestações Nazária, São Pedro, Regeneração e Amarante.

Ainda de acordo com a nota, a ocorrência ocasionou a interrupção do fornecimento de energia nos municípios de Amarante, Palmeirais, São Pedro, Jardim do Mulato, Regeneração, Angical do Piauí, Água Branca, Hugo Napoleão, Santo Antônio dos milagres, São Gonçalo do Piauí, São Pedro do Piauí, Barro Duro, Miguel Leão, Olho D’água do Piauí, Passagem Franca do Piauí, Monsenhor Gil, Agricolândia e Lagoinha do Piauí, impactando cerca de 53 mil clientes.

O fornecimento de energia ainda não havia sido restabelecido até o fechamento desta reportagem.

Nota de Esclarecimento

Equatorial Piauí atua para normalizar o fornecimento de energia, após forte chuva e ventos na região de Água Branca e São Pedro do Piauí

A forte chuva e os ventos que atingiram a região de São Pedro e Água Branca, situadas no Médio Parnaíba, provocaram estragos nas cidades e ocasionaram o desarme da Subestação São Pedro do Piauí e o bloqueio da Linha de Distribuição de 69 kV que interliga as subestações Nazária, São Pedro, Regeneração e Amarante a partir das 15h05 desta sexta-feira (15).

A ocorrência ocasionou a interrupção do fornecimento de energia nos municípios de Amarante, Palmeirais, São Pedro, Jardim do Mulato, Regeneração, Angical do Piauí, Água Branca, Hugo Napoleão, Santo Antônio dos milagres, São Gonçalo do Piauí, São Pedro do Piauí, Barro Duro, Miguel Leão, Olho D’água do Piauí, Passagem Franca do Piauí, Monsenhor Gil, Agricolândia e Lagoinha do Piauí, impactando cerca de 53 mil clientes.

Mobilização para o restabelecimento do fornecimento

Desde o início da ocorrência, equipes técnicas foram acionadas e estão atuando no sentido de realizar manobras e acelerar a recomposição do sistema para as localidades impactadas. O fornecimento já foi normalizado, às 17h01, para o município de Palmeirais, com a transferência das cargas para atendimento por outro alimentador.

As equipes de plantão da Equatorial Piauí estão vistoriando toda a Linha de Distribuição no sentido São Pedro – Nazária para identificar os pontos danificados, inclusive com o apoio de drones, para agilizar o mapeamento da rede. Em função dos estragos causados à rede de atendimento, com danos à postes e condutores, também foram mobilizadas equipes de construção de linhas, manutenção e linha viva (equipes que atuam em redes energizadas), direcionadas a partir de Teresina, para realização do serviço.

Neste momento, as equipes estão diretamente empenhadas na operação complexa, que visa normalizar o serviço para a região. Os trabalhos englobam a substituição de postes quebrados e a recuperação das redes de distribuição destruídas, para viabilizar o restabelecimento do fornecimento da energia elétrica para todos os clientes afetados.

Tendo em vista a complexidade do serviço, estima-se, como previsão inicial, que a recomposição ocorra durante a madrugada. Contudo, essa estimativa pode sofrer alteração no decorrer dos serviços, em função das condições climáticas. As chuvas intensas dificultam e impactam o tempo para recomposição da rede.

A Equatorial informa que está empreendendo todos os esforços para restabelecer o fornecimento o mais breve possível. A área de Relacionamento da Distribuidora está em contato direto com a gestão dos municípios, para suporte a centrais de vacinas e hospitais.

Os clientes que precisarem entrar em contato com a Equatorial poderão ligar para a Central de Atendimento, por meio do número 0800 086 0800, pela Clara (assistente virtual), via WhatsApp (86) 3228-8200, pelo site pi.equatorialenergia.com.br ou pelo aplicativo da Equatorial Energia disponível para as plataformas Android e iOS.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Piauí

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.