GP1

Brasil

Justiça bloqueia R$ 158 mil do empresário Eike Batista

O bloqueio das contas foi pedido pelo Ministério Público Federal depois de analisar os documentos apreendidos pela Polícia Federal.

Nessa sexta –feira (27) a 7ª Vara Federal Criminal do Rio bloqueou R$ 67 milhões das contas de suspeitos e de empresas usadas no esquema envolvendo o empresário Eike Batista e o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral. O bloqueio das contas foi pedido pelo Ministério Público Federal depois de analisar os documentos apreendidos pela Polícia Federal.

De acordo com o G1, foram bloqueados R$ 158 mil das contas de Eike Batista. Flávio Godinho é considerado pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal como braço direito de Eike. Foram bloqueados R$ 57 milhões do vice-presidente do Flamengo.

  • Foto: Fábio Motta/Estadão ConteúdoEike BatistaEike Batista

Na última quinta-feira (26) foi deflagrada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal a operação Eficiência. Foram expedidos nove mandados de prisão. Três já estavam presas: o ex-governador Sérgio Cabral, o ex-secretário Wilson Carlos Carvalho e Carlos Miranda, apontado como operador do esquema do ex-governador.

Dos outros seis mandados, quatro foram cumpridos. Entre eles, para Flávio Godinho, que foi levado para o presídio de Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, junto com Sérgio de Castro Oliveira, Thiago Aragão Pereira e Silva e Álvaro Novis. Eike Batista e Francisco de Assis Neto são considerados foragidos.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.