GP1

Coronavírus no Piauí

60% dos domicílios piauienses receberam auxílio emergencial, diz IBGE

A PNAD COVID19 foi realizada para identificar os impactos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no mercado de trabalho e para quantificar as pessoas com sintomas associados à síndrome gr

Dados da Pesquisa PNAD COVID19, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com apoio do Ministério da Saúde, apontaram que o percentual de domicílios que receberam auxílio emergencial no Piauí entre maio a junho, passou de 56% para 60,8%. Isso significa que aproximadamente 566 mil residências piauienses foram beneficiadas no mês passado.

A PNAD COVID19 foi realizada para identificar os impactos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no mercado de trabalho e para quantificar as pessoas com sintomas associados à síndrome gripal. No Brasil, o percentual de lares que receberam auxílio emergencial subiu de 38,7% em maio para 43% em junho, o que equivale a 29 milhões de domicílios beneficiados no último mês.

Apenas o Amapá (67,3%), o Maranhão (66,5%), o Pará (63,7%), e o Amazonas (61,8%) tiveram percentuais maiores que o Piauí (60,8%) em relação aos domicílios que receberam o benefício em junho. O Piauí se manteve na 5ª posição nesse quesito, assim como no mês de maio.

Ainda de acordo com os dados do IBGE, a média do rendimento proveniente de auxílio emergencial recebido pelos domicílios piauienses também cresceu, chegando a R$ 970,00 em junho. A média do estado havia sido R$ 955,00 em maio.

Os dados da pesquisa revelam ainda que o estado do Piauí possui uma média superior a do Brasil, pois o rendimento médio proveniente do benefício do auxílio emergencial foi de R$ 881,00 em junho e R$ 845,00 em maio.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Rendimento de 341 mil trabalhadores reduz 16% no Piauí, aponta IBGE

IBGE: cresce número de piauienses com dificuldade em conseguir emprego

Covid-19: número de pessoas afastadas do trabalho diminuiu no Piauí

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.