GP1

Coronavírus no Piauí

Prefeito Dr. Pessoa ainda não definiu se vai seguir decreto estadual

A Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Teresina confirmou ao GP1 que a decisão sairá nesta quinta-feira (28), mas não informou se haverá outra reunião.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), deve decidir nesta quinta-feira (28) se irá seguir o decreto do Governo do Piauí, que restringiu o horário de funcionamento do comércio, de bares e restaurantes em todo o Piauí até o dia 21 de fevereiro. Na tarde desta quarta-feira (27) houve uma reunião remota entre o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, o governador Wellington Dias (PT) e membros do Comitê de Operações Emergenciais (COE) do município e do Estado.

A decisão do Município de Teresina estava prevista para ser anunciada ainda hoje, logo após a reunião, no entanto, a Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Teresina confirmou ao GP1 que a deliberação sairá na quinta-feira, mas não informou se haverá outra reunião.

Foto: Alef Leão/GP1Dr. Pessoa
Dr. Pessoa

Também participaram do encontro, representantes do Tribunal de Justiça do Piauí, do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), além do secretário de estadual de Saúde, Florentino Neto, e a diretora da Vigilância Sanitária Estadual, Tatiane Chaves.

Decreto estadual

O governador Wellington Dias (PT) assinou nesta terça-feira (26) o novo decreto que restringe os horários de funcionamento do comércio durante o período de Carnaval no Piauí. A medida vigora até o dia 21 de fevereiro e atinge também os shoppings, restaurantes, bares e proíbe a realização de qualquer festividade carnavalesca.

O Carnaval no Piauí já havia sido suspenso no dia 19 de janeiro, quando o governador teve uma reunião com o Comitê de Operações Emergenciais (COE) de combate à covid-19.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.