GP1

Coronavírus no Piauí

Defensoria Pública do Piauí suspende atendimentos presenciais

As pessoas poderão ser atendidas de maneira remota, por meio dos contatos disponibilizados no site oficial da Defensoria e nas redes sociais da instituição.

A Defensoria Pública do Estado Piauí (DPE-PI) suspendeu nesta sexta-feira (05) o atendimento presencial por um período de sete dias, em virtude do agravamento da pandemia da covid-19 (coronavírus). A medida foi determinada por meio de portaria assinada pelo defensor público geral, Erisvaldo Marques.

A assessoria da DPE divulgou comunicado oficial nas redes sociais do órgão, informando sobre a suspensão. “A Defensoria Pública do Estado do Piauí está suspendendo, por um período de 7 dias, os atendimentos presenciais, devido ao agravamento da pandemia ocasionada pelo novo coronavírus. A medida consta na Portaria conjunta GDPG/CG Nº 02/2021, datada de 05 de março de 2021”, diz o informe.

Com a suspensão do atendimento presencial, as pessoas poderão ser atendidas de maneira remota, por meio dos contatos disponibilizados no site oficial da Defensoria e nas redes sociais da instituição.

Decreto

Em novo decreto, que prorroga as medidas restritivas em todo o estado até 15 de março, o governador Wellington Dias determinou que os órgãos da administração pública funcionarão, preferencialmente, por modelo de teletrabalho, mantendo contingente de 30% servidores em atividade presencial, com exceção dos serviços de saúde, de segurança pública e daqueles considerados essenciais.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.