Fechar
GP1

Esportes

Presidente do Palmeiras critica acusações de Textor: "desequilibrado"

Leila Pereira fez a declaração após o dono da SAF do Botafogo falar que o Brasileirão era manipulado.

Depois da conquista do 12º título do Brasileirão, a presidente do Palmeiras, Leila Pereira, respondeu as acusações do dono da SAF do Botafogo, John Textor, sobre supostas manipulações de resultado de jogos na competição. Segundo ela, o empresário norte-americano estaria “desequilibrado”.

“Me causa estranheza, porque eu acho que o proprietário está desequilibrado. O Botafogo liderando por tanto tempo o campeonato, dá todo esse problema, a turbulência e perder esse campeonato acho que o Textor ficou desequilibrado”, declarou Leila Pereira.

A fala da dirigente veio após John Textor contratar a empresa francesa “Good Game” para fazer um dossiê com os possíveis erros da arbitragem durante o Campeonato Brasileiro. No relatório ainda teriam supostos erros também durante o Brasileirão de 2022, segundo o jornalista André Rizek.


A presidente do Palmeiras e dona da Crefisa, Leila Pereira, ainda destacou que Textor deveria ter mais respeito com o Brasileirão, pois ele teria desprestigiado a competição que o próprio Botafogo liderou durante 33 rodadas, e chegou a ter 13 pontos de vantagem. “Chega até a ser ridículo. Ele desprestigia, desvaloriza esse produto tão importante que é o futebol. Ele deveria ter mais serenidade. É uma parte de desequilíbrio do senhor John Textor”, afirmou Leila.

O Palmeiras se sagrou dodecacampeão do Campeonato Brasileiro na noite desta quarta-feira (06). O Alviverde Paulista empatou com o Cruzeiro dentro do Mineirão pelo placar de 1 a 1, e fez com que o português Abel Ferreira terminasse mais uma temporada conquistando um título.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.