Fechar
GP1

Esportes

Jogador Russell destaca retorno ao Lakers após oito anos

Negociado no prazo de fevereiro, D'Lo terá mais duas temporadas com o roxo e dourado do Lakers.

D’Angelo Russell foi eleito pelo Lakers como a segunda escolha geral em 2015 em uma época em que não havia a menor possibilidade de consenso dentro do escritório da franquia e no que envolvia os filhos de Jerry Buss. Por outro lado, na quadra, o roxo e dourado viam o crepúsculo de Kobe Bryant se aproximar cada vez mais.

Logo depois, baseado nas decisões questionáveis do Lakers à época, Russell foi trocado para o Golden State Warriors – em uma passagem que também não teve uma longa duração – passou pelo Brooklyn Nets até retornar a Conferência Oeste vestindo a camisa do Minnesotta Timberwolves e viu tudo mudar novamente no prazo de negociações em fevereiro, quando pode voltar ao Lakers na troca de Russell Westbrook e um acordo que envolveu três franquias. Seu retorno veio com destaque e ajudou a equipe a chegar aos playoffs. Em uma participação em podcast, D”Lo falou sobre este retorno a Los Angeles.

Foto: Divulgação/LA LakersAustin Reaves e D'Angelo Russell
Austin Reaves e D'Angelo Russell

“Honestamente, foi divertido porque o burburinho em torno do meio era meio que – os Lakers estavam sendo falados. Era como se todo mundo risse do Lakers porque estávamos perdendo na época. Para mim, foi como ‘vamos trazer essa nova energia’. E nós viemos com alguns caras que eu já conhecia que eram caras felizes e sortudos também. As equipes precisam desses caras com energia. Não energia na quadra, mas energia no vestiário. Faça os caras rirem, você precisa dessa compensação. Com o Vando e Beasley, viemos com aquela energia que só queríamos fazer todo mundo sorrir de novo”, contou ele ao Patrick Beverley Pod.


Apesar de não ter conseguido entrar em quadra nas Finais da Conferência Oeste, D”Lo foi fundamental nos dois primeiros rounds e garantiu vitórias ao Lakers – ou pelo menos trazer a equipe de volta ao jogo – da mesma forma que trouxe de volta uma boa energia, fazendo com que a Crypto.com Arena voltasse a vibrar como se estivessem jogando no Staples Center durante a temporada 2009.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.