Teresina - PI

Acusado de matar mototaxista Ariosvaldo é preso na Vila São José

Denis é acusado de assassinar o mototaxista Ariosvaldo Vieira de Sousa durante um assalto na Avenida Barão de Gurguéia, na zona sul de Teresina no último dia 16.

Andressa Martins
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Na noite desta terça-feira (23) uma operação conjunta da Secretaria Estadual de Segurança Pública prendeu Denis Henrique Gomes da Silva, de 26 anos, na Vila São José, região do bairro Promorar, zona sul da capital. Ele é acusado de assassinar o mototaxista Ariosvaldo Vieira de Sousa durante um assalto na Avenida Barão de Gurguéia, na zona sul de Teresina no último dia 16, em frente ao Supermercado Carvalho.

Participaram da operação o 1º Batalhão da Polícia Militar, Força Tática do Promorar, GAO e Polícia Civil.

  • Foto: Francisco FilhoDenis Henrique foi preso nesta terça-feiraDenis Henrique foi preso nesta terça-feira

Em entrevista ao GP1 o coordenador da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública, Major Audivan Nunes, explicou que conseguiu prender Denis após receber uma denúncia informando sobre o esconderijo do acusado.

"Ele estava escondido. De tarde passamos pela rua, mas ele estava escondido. Na verdade recebemos uma denúncia, a gente já estava acampado aqui, conseguimos localizar a casa e conseguimos prender ele", afirmou.

Denis Henrique Gomes da Silva foi conduzido para a Central de Flagrantes para os devidos procedimentos legais. Na manhã de quarta-feira (24) ele será apresentado na Delegacia Geral, onde a polícia concederá entrevista coletiva sobre a prisão do acusado.

Relembre o caso

Ariosvaldo Vieira de Sousa, de 50 anos, morreu na manhã da última quarta-feira (17), após ser baleado na cabeça na noite da terça-feira (16), em frente ao Comercial Carvalho da avenida Barão de Gurguéia, zona sul de Teresina. O 1º Batalhão da Polícia Militar informou que o bandido tentou realizar um assalto próximo ao estabelecimento, quando foi surpreendido por vários populares que tentaram linchá-lo. O acusado reagiu e efetuou um disparo aleatório, que acabou atingindo a cabeça do mototaxista.

  • Foto: Arquivo PessoalAriosvaldo Vieira de SousaAriosvaldo Vieira de Sousa

No mesmo dia da morte de Ariosvaldo, policiais da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Estado, com a ajuda do Grupo de Apoio Operacional, apreenderam a irmã de Denis. Ela foi acusado de ajudar o indivíduo a fugir logo depois de ter baleado a vítima. A jovem foi apreendida na própria casa, quando a equipe estava em diligências a fim de capturar o indivíduo.

Na tarde de ontem, a Força Tarefa da secretaria voltou a atuar no caso. O órgão realizou uma operação policial, em parceria com a Polícia Militar de Timon (MA), para localizar e prender Denis. O coordenador do Grupo de Operações Especiais (GAO), Joatan Gonçalves, explicou à imprensa que o suspeito estava escondido em uma casa no bairro Guarita, próximo a Ponte Metálica em Timon. Ao chegarem no local, o homem já havia se evadido.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mototaxista é baleado na cabeça na Avenida Barão de Gurguéia

Mototaxista baleado na cabeça em tentativa de assalto morre no HUT

Namorada do acusado de matar mototaxista Ariosvaldo é presa