Teresina - PI

Ao lado de Silmara Castro, Fábio Novo critica Integração em Teresina

Para Novo, a Integração, que deveria otimizar o tempo de locomoção das pessoas, aumentou significativamente o tempo das viagens.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito pelo PT, Fábio Novo, ao anunciar na manhã desta segunda-feira (31) a assistente social Silmara Castro (Solidariedade) como pré-candidata a vice, criticou duramente a Integração na capital piauiense. Para Novo, a Integração, que deveria otimizar o tempo de locomoção das pessoas, aumentou significativamente o tempo das viagens.

“As pessoas que saem de casa, querem chegar a seus lugares o mais rápido possível. A Integração fez o contrário em Teresina. Antes as pessoas gastavam 30 minutos e agora gastam 1h30. Não é essa Teresina que eu quero, que a Silmara quer. Queremos uma Teresina diferente, onde as pessoas possam se locomover melhor”, afirmou Fábio Novo.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Fábio Novo e Silmara CastroFábio Novo e Silmara Castro

Integração com metrô

“O metrô vai servir de integração. As pessoas que saem de casa, querem chegar a seus lugares o mais rápido possível. A Integração fez o contrário em Teresina. Antes as pessoas gastavam 30 minutos e agora gastam 1h30. Não é essa Teresina que eu quero, que a Silmara quer”, prometeu.

Educação

O pré-candidato avaliou ainda que a violência na capital seja proveniente da falta de assistência social. “Vamos espalhar pelos bairros escolas de arte para casar com Educação, que tem essa carência. Porque a cidade é violenta? Porque faltam os equipamentos sociais, os CSUs, os Centros de Produção foram abandonados em Teresina. Nós vamos revitalizá-los, vamos levar essa mensagem para Teresina”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Solidariedade anuncia Silmara Castro como vice de Fábio Novo

Solidariedade oficializa apoio a Fábio Novo nesta segunda-feira

Wellington Dias promete apoio irrestrito à pré-candidatura de Fábio Novo

Mais conteúdo sobre: