Teresina - PI

Câmara de Teresina aprova empréstimo de R$ 30 milhões para Segurança

O valor do empréstimo será destinado para o Projeto Teresina Protege, que vai contemplar a Guarda Municipal de Teresina.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Os vereadores de Teresina aprovaram nesta quarta-feira (30) por unanimidade o pedido de empréstimo no valor de R$ 30 milhões enviados pela Prefeitura Municipal de Teresina. O empréstimo será para expandir a segurança pública. O pedido foi aprovado pelos 19 vereadores que estavam na sessão.

A líder do prefeito na Casa, vereadora Graça Amorim, disse que o pedido foi aprovado por unanimidade porque é um investimento para a cidade. O valor do empréstimo será destinado para o Projeto Teresina Protege, que vai contemplar a Guarda Municipal de Teresina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Sessão na Câmara de Vereadores de TeresinaSessão na Câmara de Vereadores de Teresina

“Aprovado por unanimidade por que é investimento para a cidade e acho que não seria inteligente votar contra. Considerando que embora tenha algumas alegações, o processo de licitação é quem vai direcionar preço, valor, empresa e tudo”, afirmou.

Críticas da oposição

Embora tenha votado a favor do empréstimo, o vereador Joaquim do Arroz disse que faltavam informações no documento enviado pela prefeitura e confrontou o preço de alguns produtos colocados na planilha.

“Por exemplo, dentro da especificação limitada que nos foi enviado, tem câmera que custa R$ 4.500,00 e no orçamento da prefeitura está de R$ 9.500,00. Tem câmera fixa que custa R$ 110,00 e no orçamento da prefeitura está R$ 792,00. Não quis julgar dizendo que está superfaturado porque nem foi comprado e nem foi licitado ainda. Só estou dizendo que pedi informações técnicas para que a gente se convença da planilha e foi omitido essa planilha, esses orçamentos”, questionou Joaquim do Arroz.

Joaquim disse que aprovou o projeto porque não pode “negar” recursos para o município. “Acho que você não pode negar vir recursos para Teresina. Você deve pensar na cidade, agora você não pode se furtar do seu papel de vereador que é de fiscalizar”, finalizou.

O empréstimo

O empréstimo junto ao BNDES, no valor de R$ 30 milhões, tem como objetivo montar uma central de monitoramento visando dar melhor segurança para a população de Teresina. O empréstimo corresponde à linha de crédito Finem/Segurança Pública, que aceita financiamento a partir de R$ 10 milhões para estudos, serviços técnicos e especializados, aquisição de máquinas, softwares e obras civis como objetivo de expandir e modernizar a Segurança Pública.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara vota empréstimo de R$ 30 milhões da Prefeitura de Teresina

Câmara inicia análise de pedido de empréstimo de Firmino Filho

Firmino Filho quer empréstimo de R$ 30 milhões para Segurança Pública