Polícia

DHPP prende 2º acusado de matar radiologista do HGV em São Paulo

De acordo com o delegado Jarbas Lima, do DHPP, o suspeito estava foragido no estado de São Paulo junto com outro acusado do crime.

Davi Fernandes
Teresina

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP – prendeu nesta quinta-feira (13), na cidade de Potirendaba (SP), um homem identificado pelas iniciais A. P. O, vulgo “presídio” acusado de assassinar o radiologista Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins no dia 11 de dezembro do ano passado, na Taboca do Pau Ferrado, zona sudeste de Teresina. O jovem era filho do cinegrafista Kleiton Martins, da TV Clube.

De acordo com o delegado Jarbas Lima, do DHPP, o suspeito estava foragido no estado de São Paulo junto com outro acusado do crime identificado pelas iniciais J. J. S, que foi preso no dia 10 de julho e encaminhado para o Piauí no dia 24 do mês passado.

  • Foto: Reprodução/FacebookKleiton ÂngeloKleiton Ângelo

Ainda conforme o delegado, foi iniciada a investigação junto a Delegacia de Polícia Civil de Potirendaba e os policiais conseguiram localizar e prender o segundo o suspeito.

Relembre o caso

Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins, de 26 anos, foi assassinado com 9 tiros, na madrugada de 11 de dezembro de 2019, na Taboca do Pau Ferrado, zona sudeste de Teresina.

De acordo com o capitão Araújo, do 8º Batalhão da Polícia Militar, populares ouviram disparos de arma de fogo por volta de 1h da madrugada e acionaram a PM, que ao chegar ao local já se deparou com a vítima sem vida.

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi atraída para a região onde foi abordada pelos acusados, que estavam armados portando uma pistola calibre .40. Em seguida, Kleiton foi alvejado sem ter a menor chance de defesa, levando a vítima a óbito no local.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Acusado de matar radiologista do HGV é preso pelo DHPP em São Paulo

Jovem executado com nove tiros trabalhava como radiologista no HGV

Jovem é executado com nove tiros na Taboca do Pau Ferrado