São Luís - MA

Flávio Dino desativa mais de 300 leitos para covid-19 em São Luís

A decisão do governador do Maranhão se deu após redução no número de casos da doença na capital.

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

Após a diminuição no número de casos confirmados de covid-19 no Maranhão, o governador Flávio Dino anunciou, nesta sexta-feira (19), que mais de 300 leitos exclusivos para tratamento da doença em São Luís estão sendo desativados e remanejados para outras especialidades e para municípios do interior. Também serão devolvidos os hospitais e prédios privados que haviam sido alugados para receberem pacientes infectados pelo novo coronavírus.

O chefe do executivo estadual explicou que esta ação se trata de um processo planejado. “Os leitos não irão fechar. Eles estão sendo destinados a outras especialidades e aos municípios que, neste momento, sofrem com maior incidência do coronavírus”, declarou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Governador Flavio Dino Governador Flavio Dino

De acordo com o Governo do Estado do Maranhão, em três meses os leitos exclusivos para coronavírus da rede estadual de saúde passaram de 232 para 1.804, e agora em São Luís, parte deles começa a ser destinada a pacientes de outras doenças. Essa transição por enquanto é só na capital, que vinha apresentando diminuição na taxa de ocupação de leitos para covid-19.

“Gradativamente, estamos devolvendo os prédios privados, pois há custo do dinheiro público. Estamos retomando os serviços estaduais de cirurgias e ambulatórios”, afirmou Flávio Dino, se referindo às unidades que voltaram ao atendimento de rotina, ainda com capacidade reduzida.

Ainda segundo o Governo do Maranhão, cidades do interior do estado estão apresentando aumento mais significativo dos casos de covid-19, por isso estão sendo adotadas estratégias para continuar a ampliação dos leitos nesses municípios.

NOTÍCIA RELACIONADA

Governador Flávio Dino anuncia reabertura de academias e restaurantes