Política

Garotinho será transferido para presídio de segurança máxima

A decisão do juiz Ralph Machado Manhães Junior é desta sexta-feira (24).

Débora Dayllin
Teresina
- atualizado

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro da 98ª Zona Eleitoral, em Campos, autorizou a imediata transferência do ex-governador Anthony Garotinho de Benfica para um presídio de segurança máxima. A decisão é desta sexta-feira (24).

De acordo com o juiz Ralph Machado Manhães Junior, o TRE recebeu informações de que Garotinho estaria "causando transtornos" e que "teria se autolesionado" antes

O magistrado citou ainda os vídeos da galeria onde estava Garotinho, dizendo que a versão da agressão é "totalmente duvidosa". "O caso acima apontado é extremamente grave e merece a devida apuração, o que já está sendo realizado pelo juízo da Vara de Execuções Penais deste Estado", destacou.

  • Foto: José Lucena/Futura Press/Estadão ConteúdoEx-governador Anthony GarotinhoEx-governador Anthony Garotinho

O juiz cita ainda um artigo do Código Penal que prevê detenção de até seis meses ou multa por comunicar ocorrência de crime que não tenha ocorrido.

"Fica autorizada ao juízo da VEP [Vara de Execuções Penais], em sintonia com a Seap, a transferência imediata do réu em tela para um Presídio de Segurança Máxima, visando assim garantir a integridade física do acusado e evitar novos questionamentos duvidosos", diz decisão.

O pedido para a transferência foi feito pelo Ministério Público do Rio de Janeiro que afirmou que permanecer na cadeia José Frederico Marques, em Benfica, poderia representar riscos a integridade física de Garotinho.

O texto do MP também diz que uma vistoria constatou "tensão" causada pela presença dos ex-governadores no mesmo ambiente. "Em fiscalização ordinária realizada na data de hoje, a signatária pode verificar o clima de tensão que prevalece naquela unidade pela coabitação de Anthony Garotinho com o ex-Governador Sérgio Cabral e demais integrantes da organização criminosa, não havendo meios de ser garantida a preservação da sua integridade física", destacou.

Prisão

O ex-governador do estado do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, foi preso pela Polícia Federal, no dia 22 de novembro deste ano, juntamente com Rosinha Garotinho.