Teresina - PI

Jornalista Walteres Arraes morre aos 66 anos em Teresina

O velório ocorrerá a partir das 7h na Capelinha do cemitério Jardim da Ressurreição e o sepultamento será logo em seguida, às 11h.

Germana Chaves
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O jornalista e cronista esportivo Walteres Arraes, 66 anos, faleceu na noite dessa terça-feira (10), após sofrer duas paradas cardíacas. Ele estava internado há várias semanas na Unidade Semi-intensiva do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) devido a uma pneumonia grave.

A princípio, a família chegou a pensar que Walteres tivesse se contaminado com a covid-19, mas os exames descartaram. Na época, a esposa do jornalista, Ivone Gomes, contou ao GP1 que ele começou a sentir sintomas de gripe no dia 18 de setembro, no entanto, somente buscou assistência médica no dia 26 de setembro no Hospital da Primavera.

  • Foto: Reprodução/FacebookJornalista Walteres ArraesJornalista Walteres Arraes

Depois de ter piorado seu quadro de saúde, Walteres retornou ao mesmo hospital e acabou sendo transferido para a UPA do Promorar, no dia 03 de outubro, quando foi diagnosticado com pneumonia.

“Ele foi diagnostico com pneumonia, mas não é covid-19. O Walteres começou a sentir sintomas gripais desde o dia 18 de setembro, só que como ele demorou muito procurar assistência médica, o quadro de saúde dele piorou, porque ele tem comorbidades como diabetes, hipertensão e está obeso. Ele foi transferido da UPA do Promorar em nesse momento ele está entubado na sala vermelha do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), esperando uma vaga na UTI”, explicou Ivone à época.

Velório e sepultamento

O velório de Walteres Arraes ocorrerá a partir das 7h na Capelinha do cemitério Jardim da Ressurreição e o sepultamento será logo em seguida, às 11h.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jornalista Walteres Arraes é internado em estado grave no HUT

Jornalista Walteres Arraes apresenta melhora, aponta boletim

Jornalista Walteres Arraes continua internado na UTI do HUT

Walteres Arraes apresenta melhora e médicos diminuem a sedação

Mais conteúdo sobre: