Teresina - PI

JVC critica Elmano e diz que senador banalizou mudança de partido

“Seis anos de mandato do Elmano, é o quarto partido dele. Eu com 20 anos na política só tive dois partidos", afirmou o ex-senador.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O presidente do PTB no Piauí, o ex-senador João Vicente Claudino não escondeu o desconforto com a decisão do senador Elmano Férrer de deixar o Podemos para se filiar ao Progressistas. JVC fez uma rápida retrospectiva e lembrou que em seis anos no Senado, Elmano já mudou de partido três vezes já que foi eleito pelo PTB, de onde saiu para ingressar no MDB, depois migrou para o Podemos e agora anunciou filiação ao PP.

João Vicente aproveitou a situação para esclarecer que não é tutor de Férrer como sempre foi falado no meio político e reforçou essa declaração afirmando que: “se fosse conselheiro do Elmano, ele teria evitado um bocado de problema”.

"Seis anos de mandato do Elmano, é o quarto partido dele. Eu com 20 anos na política só tive dois partidos. Mudança de partido não acho uma coisa banal e ele banalizou. Acho que tudo tem que ter justificativas plausíveis. Eu não tomo minhas decisões políticas desta maneira. Porém, cada um tem que arcar com suas decisões”, disse o ex-senador.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1João Vicente João Vicente

“Muita gente dizia que o Elmano só fazia as coisas com orientação minha ou do Seu João. Elmano só me atendeu em dois momentos, quando foi para ser vice de Sílvio e pra ser candidato a senador que, aliás, ninguém acreditava, nem o Elmano e deu no que deu. Se eu fosse conselheiro do Elmano, ele teria evitado um bocado de problema. Mas, ele tem decisões próprias e deve saber o que está fazendo”, completou JVC.

Antecipação de 22

João Vicente Claudino voltou a criticar a antecipação do processo político de 2022 por parte de algumas lideranças do Estado. Para o ex-senador, o fato de escolher um lado hoje não é pressuposto de que os entendimentos vão perdurar por mais dois anos.

“Está todo mundo afobado, 2020 nem passou e só querem falar de 22. Escolhi um lado em 2020, em 22 ninguém sabe. Não vamos nos precipitar e nem nos afobar. Tem que ter serenidade. Vamos ver os cenários, ver o rumo que a política vai tomar. Vejo com muita preocupação. Pra mim em se tratando de política, uma noite é um longo prazo, imagina dois anos”, advertiu o presidente do PTB.

Lados opostos

João Vicente e Elmano estão declaradamente em lados opostos na política, situação inédita. Historicamente os dois sempre andaram na mesma trincheira, diferente de agora. No plano estadual JVC está alinhado com o governador Wellington Dias (PT), diferente de Férrer que hoje é do grupo do senador Ciro Nogueira, dirigente nacional do PP.

Na disputa de Teresina, esse cenário se repete. PTB está com o PL de Fábio Abreu e o Progressistas segue unido com o PSDB, do prefeito da Capital, Firmino Filho.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Elmano Férrer se filia ao Progressistas do senador Ciro Nogueira

Elmano Férrer deixa o Podemos e vai se filiar ao Progressistas