Teresina - PI

PF prende acusados de assalto aos Correios e Log Mais em Teresina

Os policiais deram cumprimento a dois mandados de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal – Secção Piauí.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

A Polícia Federal, em conjunto com o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), deflagrou a “Operação Aliança”, neste domingo (07), que terminou com a prisão de duas pessoas acusadas de envolvimento nas ações criminosas contra os Correios e o correspondente do Banco do Brasil, Log Mais, localizados no Shopping da Cidade, centro de Teresina, no último sábado (06).

  • Foto: Lucas Dias/GP1Agências dos Correios isolada pela políciaAgências dos Correios isolada pela polícia

Os policiais deram cumprimento a dois mandados de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal – Secção Piauí. Os acusados foram identificados apenas pelas iniciais P. G. C. e D. S. S. e encaminhados até a Casa de Custódia, onde ficarão à disposição da Justiça.

Entenda o caso

Na madrugada do último sábado (06), bandidos armados arrombaram a agência dos Correios e do correspondente do Banco do Brasil, Log Mais, e durante ação deixaram um rastro de destruição. De acordo com o gerente de operações da Log Mais, José Ribamar, os acusados fizeram um buraco no canto inferior da parede, arrombaram o cofre, e levaram uma quantia em dinheiro no valor de R$ 3.200,00. Ainda de acordo com o gerente, a estrutura do local é de gesso, o que facilitou a ação dos bandidos.

Antes de chegarem até os cofres, por volta de meia noite, os criminosos renderam dois vigias, que se encontravam no local. Os trabalhadores relataram que os bandidos portavam dinamites, mas quando perceberam que as paredes eram de gesso resolveram não utilizá-las.