Vila Nova do Piauí - PI

Prefeitura de Vila Nova do Piauí contrata empresa por R$ 60 mil

A empresa contratada foi a Diego José de Sousa Lima-ME, localidade no município de Alegrete do Piauí.

Raisa Brito
Chefe de Redação
- atualizado

Apesar de o município se encontrar em situação de emergência, a Prefeitura de Vila Nova do Piauí, através do prefeito Edilson Edmundo de Brito (PTB), contratou por R$ 60 mil uma empresa para ministrar palestras treinamentos e oficinas no âmbito da atenção básica, voltada para profissionais de saúde e público em geral.

Com valor de R$ 60 mil o contrato foi assinado no último dia 7 de novembro entre a Prefeitura Municipal de Vila Nova do Piauí e a empresa Diego José de Sousa Lima-ME, com sede a rua Santo Antônio, 68, bairro Bela Vista, em Alegrete do Piauí.

  • Foto: Gelimar MouraPrefeito de Vila Nova do Piauí. Edilson BritoPrefeito de Vila Nova do Piauí. Edilson Brito

Cópia do extrato contratual foi publicada no Diário Oficial dos Municípios, edição do último dia 14 de dezembro, página 58, mais de um mês após a assinatura do documento.

O contrato foi através da modalidade pregão presencial e o prazo para execução dos serviços será até 31 dezembro de 2017, a contar a partir de 7 de novembro deste ano. Fontes de recursos, Fundo de Participação dos Municípios (FPM), receitas próprias e outros.

Situação de emergência

Vila Nova do Piauí é um município pobre localizado na região de Picos. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), conta com pouco mais de três mil habitantes e a maioria dos trabalhadores recebe em torno de um salário mínimo por mês.

Em razão da estiagem, desde o último dia 12 de setembro o município de Vila Nova do Piauí se encontra em situação de emergência reconhecida pelo governo federal, através da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional.