Política

Suplente Elisangela Moura será 20ª mulher à chegar na Alepi

A chegada de Elisangela marca também o retorno do PCdoB na Alepi após seis anos sem um parlamentar na Casa.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Com a saída dos deputados Flávio Nogueira Júnior (PDT) e Fábio Novo (PT) da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) para reassumir as secretarias de Turismo e Cultura, a sexta suplente da coligação, Elisangela Moura (PCdoB) deve assumir uma vaga no legislativo.

Nas eleições de 2018 Elisangela obteve 20.997 votos e caso tome posse em junho, será a 20ª mulher a chegar à Alepi. Elisangela ganhou projeção à frente da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores do Piauí (Fetag) e é a 6ª suplente da coligação 'A Vitória Com a Força do Povo'.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Elisângela Moura, candidata a deputada estadualElisângela Moura, candidata a deputada estadual

Em entrevista durante evento do PCdoB na última sexta-feira (24), Elisangela disse que está “na expectativa” para assumir o cargo, mas não tratou do assunto com o secretário de Governo, Osmar Júnior (PCdoB), nem com o governador Wellington Dias (PT).

“Com certeza se for convocada, estarei à disposição para poder contribuir com nosso estado do Piauí, principalmente com nossa categoria, que são os trabalhadores do campo. Sabendo da responsabilidade que é grande, porque a partir do momento que você passa a assumir um mandato desse você está lá não só para representar o campo, mas sim a cidade, toda a sociedade do nosso estado do Piauí”, disse.

Elisângela é natural de Monsenhor Gil e se declarou agricultora à Justiça Eleitoral. A suplente possui o Ensino Médio completo.

PCdoB na Alepi

A chegada de Elisangela marca o retorno do PCdoB na Alepi após seis anos sem um parlamentar na Casa. O último deputado estadual do PCdoB foi Robert Rios, que foi expulso da sigla em 2013. Em 2015 Robert disse que foi expulso da sigla por apoiar a candidatura de Firmino Filho (PSDB) à Prefeitura de Teresina. Atualmente a sigla é aliada do prefeito na capital.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias vai convocar dois deputados estaduais e um federal

Osmar Júnior diz que deputados devem reassumir secretarias