Brasil

Supremo Tribunal Federal manda soltar ex-ministro José Dirceu

A decisão da Segunda Turma da Corte máxima se deu por três votos a dois. 

Raisa Brito
Teresina

O Supremo Tribunal Federal (STF) mandou soltar nesta terça-feira (25) o ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu.  A decisão da Segunda Turma da Corte máxima se deu por três votos a dois. 

Votaram pela liberdade de José Dirceu, os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski e contra a revogação da prisão votaram os ministros Edson Fachin (relator da Lava Jato) e Celso de Mello. 

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoEx-ministro José DirceuEx-ministro José Dirceu

Segundo oG1, com a decisão, a Segunda Turma acolheu o pedido de liberdade apresentado pela defesa de José Dirceu para revogar a ordem de prisão decretada pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal.

Com a decisão, o STF deverá enviar um mandado de soltura ao juiz Sérgio Moro, a quem cabe comunicar a decisão ao Complexo Médico Penal em Pinhais, onde o ex-ministro está preso.

Dirceu estava preso desde 3 de agosto de 2015, por ordem de Sérgio Moro. Em menos de dois anos, Moro aplicou ao ex-ministro duas condenaçõesque somam 32 anos e um mês de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.