Teresina - PI

Últimos teresinenses mortos pela covid-19 moravam no Dirceu e São João

A informação foi confirmada pelo secretário Municipal de Governo, Fernando Said, em entrevista ao GP1 na tarde desta quinta-feira (09).

Thais Guimarães
Teresina
Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

As duas últimas pessoas que morreram de covid-19 (coronavírus) em Teresina moravam no Dirceu (zona sudeste) e no São João (zona leste), bairros considerados populares. A informação foi confirmada pelo secretário Municipal de Governo, Fernando Said, em entrevista ao GP1 na tarde desta quinta-feira (09).

As vítimas são uma jovem de 22 anos e um homem de 56. “No bairro São João morreu uma jovem de 22 anos, e o outro bairro é o Dirceu, [onde morreu] um cidadão de 56 anos”, informou Said.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Fernando SaidFernando Said

De acordo com o secretário, informações levantadas apontam que ambas as vítimas não estariam cumprindo com rigor o isolamento social. “Todos os dois, supostamente [continuaram] com muitas atividades, saindo muito, com muita atividade social”, colocou.

Fernando Said ressaltou que os cuidados de prevenção devem ser tomados em todos os bairros, pois, segundo ele, o vírus não escolhe região ou classe social. “Nos bairros populares muita gente está ainda sem querer entender, mas o cuidado deve ser em todo lugar. No Centro você vê muita gente, na zona leste você também está vendo muita gente circulando, então, o vírus não escolhe local, nem pessoa nem situação social, nada, nem idade, você vê, uma menina de 22 anos [morreu]”, ressaltou.

As primeiras pessoas quem morreram de covid-19 em Teresina, o casal de isosos Jomar Pereira e Marlúcia Pereira, moravam no bairro Morada do Sol, zona leste da capital.

Firmino Filho

Em uma publicação feita nesta quinta (09) no seu perfil do Twitter, o prefeito de Teresina informou que a jovem vítima sofria de obesidade.

“Teresina chega a sua quinta morte por Covid-19. As últimas duas vítimas, moradores de bairros populares. Uma delas, uma jovem de 22 anos. Era obesa, mas pelo que sabemos, não tinha outra comorbidade”, declarou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sobe para 6 número de mortes por coronavírus no Piauí

Mulher de 22 anos é a 7ª morte confirmada por covid-19 no Piauí

"É melhor quebrar do que ver nossa gente morrer", diz Firmino Filho