Teresina - PI

Velório é interrompido por carreata do vereador Deolindo Moura

Devido a carreata que passava nas proximidades, o padre parou a missa de corpo presente por mais de 30 minutos.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

No final da tarde deste sábado (31), um velório realizado presencialmente por uma família teve que ser interrompido no Cemitério Jardim da Ressurreição, na zona sudeste de Teresina, devido a uma carreata realizada por apoiadores do vereador Deolindo Moura (PT), que tenta a reeleição.

Os familiares, que preferiram não se identificar, denunciaram a situação ao GP1 e registraram um vídeo, em que mostra um carro de som tocando o jingle com o nome do parlamentar. Devido a carreta que passava nas proximidades, o padre decidiu parar a missa de corpo presente durante mais de 30 minutos.

Os familiares relataram ainda que além do alto volume do som, o locutor ficou parado em frente ao cemitério incomodando a missa de despedida.

Legislação para carros de som em campanha

De acordo com a lei eleitoral, o carro de som é o veículo automotor que usa equipamento de som com potência nominal de amplificação de no máximo 10 mil watts. A propaganda eleitoral em carros de som só pode circular em carreatas, passeatas, comícios e reuniões durante este período de campanha das eleições deste ano.

O uso de alto-falantes ou amplificadores de som está permitido desde o dia 27 de setembro a 14 de novembro entre 8h e 22h, porém, não podem ser usados a menos de 200 metros de locais considerados como sedes dos Poderes Executivo e Legislativo, quartéis e hospitais, além de escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros (quando em funcionamento).

Outro lado

O GP1 tentou entrar em contato com o vereador Deolindo Moura neste sábado (31), mas o candidato não atendeu e nem retornou às ligações.