Picos - PI

Wellington diz que Padre Walmir não vai decidir candidato sozinho

“O prefeito é um líder importante, destacado, tem o seu peso nas decisões, mas não é só ele. Ele sabe que tem outros atores na tomada da decisão”, afirmou.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O governador Wellington Dias (PT) disse durante entrevista à imprensa na manhã desta quarta-feira (15) que o prefeito de Picos, Padre Walmir, não vai escolher sozinho seu sucessor no município. O padre tem preferência pela candidatura da jornalista Maria Santana, mas a executiva estadual da sigla tem dado preferência ao nome do empresário Araujinho.

“O prefeito é um líder importante, destacado, tem o seu peso nas decisões, mas não é só ele. Ele sabe que tem outros atores na tomada da decisão”, afirmou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington DiasWellington Dias

Wellington afirmou ainda que a situação será resolvida com diálogo e que os líderes entrarão em consenso por um único nome. Embora Maria Santana seja o nome preferido de Walmir, o presidente estadual do PT, deputado Assis Carvalho só considera Araujinho como pré-candidato em Picos.

“Do que eu acompanho com a direção do partido, com o diálogo com os partidos, está muito próximo de um entendimento e vai ser pela via do diálogo, não tem outro caminho, e acho que a gente vai conseguir, do ponto de vista do PT. Lá é uma região que fui apoiado por vários setores, mas do ponto de vista da estratégia do Partido dos Trabalhadores com outros partidos que mantemos o diálogo, acho que teremos um entendimento”, finalizou o governador.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Assis Carvalho não definirá candidato do PT em Picos, diz Padre Walmir

Padre Walmir reúne aliados e anuncia Maria Santana como pré-candidata

Empresário Araujinho se filia ao PT e reforça pré-candidatura