Coronavírus no Piauí

Wellington pode adotar medidas rígidas após aumento nos casos de covid-19

A informação sobre a reunião de amanhã foi confirmada ao GP1 pelo coordenador de Comunicação do Governo do Piauí, Allisson Bacelar.

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), vai se reunir na tarde desta sexta-feira (16) com membros do Comitê de Operações Emergenciais (COE) para definir possíveis medidas a serem adotadas tendo em vista o crescimento no número de casos confirmados e nos óbitos por covid-19.

A informação sobre a reunião de amanhã foi confirmada ao GP1 pelo coordenador de Comunicação do Governo do Piauí, Allisson Bacelar. “Amanhã à tarde terá uma reunião com o governador e membros do COE para definir se será o caso de novas medidas”, afirmou Bacelar.

Nesta quarta (14), Wellington recomendou ao secretário de Saúde, Florentino Neto, uma reavaliação minuciosa das estratégias que estão sendo adotadas no Piauí como forma de prevenir a disseminação do novo coronavírus.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington DiasWellington Dias

"Tivemos dois dias com números considerados elevados em relação ao período da semana anterior. Tínhamos uma média entre oito e nove óbitos e nos últimos dias registramos uma média de 14. Por isso, é preciso que investiguemos a fundo os motivos pra que isso tenha acontecido", explicou o governador.

Embora tenha se cogitado a possibilidade de se voltar a adotar medidas mais rígidas de isolamento social, o Governo do Estado ainda não confirmou nada nesse sentido.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington coloca COE para investigar aumento de óbitos por covid-19

Média de mortes por covid-19 aumentou 19% em sete dias no Piauí