GP1

Teresina - Piauí

Amadeu descarta possibilidade de Elmano assumir candidatura

"Só existe uma verdade: o candidato da coligação PTB, PT, PMN e PTC é Amadeu Campos", destacou.

Em entrevista ao GP1, o jornalista e candidato a prefeito de Teresina, Amadeu Campos (PTB) afirmou que não haverá substituição de nomes a frente da coligação majoritária para a disputa das eleições municipais de 2016.

“Estive reunido hoje pela manhã [05] com o senador Elmano e só existe uma verdade: o candidato da coligação PTB, PT, PMN e PTC é Amadeu Campos. Não há outra conversa, além dessa”, destacou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Amadeu CamposAmadeu Campos

Após indeferimento da candidatura do jornalista por descumprimento do prazo de filiação partidária, surgiu conversas, inclusive nos próprios bastidores da coligação “Hora do novo. Tempo de Mudar”, que o nome de Elmano Férrer seria o mais cotado para disputar a prefeitura da Capital.

O senador ainda não se manifestou a respeito, mas Amadeu que já recorreu da decisão, garante que não existe essa possibilidade. “Não contamos com isso, estamos do lado da lei, tudo o que eu fiz foi amparado na lei. Me filiei no prazo correto e eu tenho certeza que eu receberei justiça”, finalizou.

Relembre o caso

A juíza Zilnéia Gomes Barbosa da Rocha, da 1ª Zona Eleitoral do Piauí, indeferiu a candidatura de Amadeu por descumprimento do prazo de filiação partidária. Isso porque, segundo a reforma eleitoral de 2015, “o candidato que quiser concorrer deverá estar com a filiação partidária deferida pela legenda no mínimo seis meses antes da data da eleição”.

Amadeu Campos cumpriu o prazo estabelecido por lei, entretanto, desobedeceu ao prazo de filiação partidária do Partido Trabalhista Brasileiro, que segundo o estatuto, é de um ano. A filiação do jornalista aconteceu no dia 14 de março de 2016.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.