GP1

Teresina - Piauí

Bancada do PT do Piauí discute estratégias para as eleições de 2022

"Ficamos de ampliar esse debate para dentro do diretório que vai tomar a decisão final", disse o petista.

A bancada do PT do Piauí se reuniu nesta quarta-feira (17) em Teresina para fazer uma avaliação prévia da conjuntura política atual no Estado. As informações foram repassadas ao GP1 nesta quinta-feira (18) pelo deputado estadual Franzé Silva.

Ele esclareceu que essa foi apenas uma conversa preliminar e que em outras oportunidades, os entendimentos sobre as regras que realmente valerão para as eleições do ano que vem, serão amplamente debatidas em outras ocasiões.

Foto: Lucas Dias/GP1Franzé Silva
Franzé Silva

“A bancada fez uma reunião para analisar a conjuntura, mas a bancada é apenas uma das instâncias partidárias. Ficamos de ampliar esse debate para dentro do diretório que vai tomar a decisão final, quanto a questão da composição da nossa chapa proporcional para 2022. Existem várias situações de deputados que sinalizaram a vir para nossa agremiação”, disse o deputado.

Franzé adiantou que mesmo sem uma definição acertada, o PT tem interesse e trabalha para fortalecer suas bases visando o pleito de 2022. “A gente tem interesse de que haja fortalecimento do partido dentro da casa, mas também não podemos fazer isso sem ouvir a base. A ideia é que possamos dialogar com o governador e poder estar ouvindo cada uma dessas pessoas interessadas em ir para o PT e, posteriormente, levar isso para uma apreciação do diretório”, explicou o petista.

Impasse

Um dos assuntos que causará impasse dentro do PT é justamente a possibilidade de vir a abrigar líderes de mandato no partido. A grande maioria dos petistas, sobretudo aqueles que serão candidatos, já externou posição contrária a adesão de novos nomes.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.