GP1

Polícia

DHPP registra 10 homicídios em apenas uma semana em Teresina

Levantamento feito pelo GP1 apontou que quatro deles foram registrados na zona sudeste.

Nos últimos dias, uma onda de execuções vem assustando a população de Teresina, que registrou em apenas sete dias o número de 10 homicídios distribuídos em quatro das cinco zonas da Capital.

Levantamento realizado pelo GP1, neste domingo (02), entre os dias 25 de abril e 1º de maio, apontou que a zona sudeste foi a área com maior incidência de assassinatos com 4 mortes, seguida da zona leste, que teve 2, sul 2 e norte com 2 homicídios.

As quatro execuções na zona sudeste foram registradas em um intervalo de 48h. Sendo uma morte no domingo (25), quando o corpo de um homem foi encontrado amarrado por saco plástico no bairro Livramento, região do grande Dirceu.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Irmã de David Araújo e João Victor
Irmã de David Araújo e João Victor

Já no início da noite de segunda-feira (26), Kevin de Sousa Araújo, de 23 anos, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo na frente da filha, no bairro Parque Itararé. Na terça-feira, (27), dois irmãos identificados como David Araújo e João Victor foram mortos ao passarem em frente à casa onde estava sendo realizado o velório de Kelvin.

Zona leste

Ainda na tarde de terça-feira (27) um homem identificado como Jairo Pereira da Rocha foi perseguido e executado com disparos de arma de fogo por volta de 14h, na Rua Caçapava, próximo de uma área de matagal, na Vila do Avião. Os atiradores estavam em um carro modelo HB20, e ainda não foram identificados.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1O IML foi até o local remover o corpo
O IML foi até o local remover o corpo

Dois dias depois, já na madrugada de quinta-feira (29), um homem identificado como Marcos Antônio de Sousa Silva, vulgo “Bocão”, foi executado com seis tiros na Rua Melvin Jones, bairro Piçarreira. Segundo a polícia, o homem foi atingido com quatro tiros no tórax, um na perna e um no quadril.

Zona sul

Nas primeiras horas da manhã de sexta-feira (30), o corpo de um homem identificado apenas como "Tallisson" foi encontrado com uma marca de tiro na cabeça e as mãos amarradas nas proximidades do Residencial Hugo Prado, na zona sul de Teresina. A polícia informou que a vítima provavelmente não foi morta no local, que é uma área de lixão, mas apenas desovada.

Foto: Renato Rodrigues/GP1Local onde o corpo foi encontrado na zona sul de Teresina
Local onde o corpo foi encontrado na zona sul de Teresina

Já por volta das 23h de sexta, um homem identificado como Francisco de Assis, de 39 anos, foi executado a tiros na porta de sua residência na Rua 21 de Abril, no bairro Vermelha. Segundo os familiares do Francisco, ele pode ter sido morto em decorrência de dívidas no mundo do tráfico de drogas.

Zona norte

Um homem que não teve a identidade revelada foi encontrado morto com marcas de tiros por volta das 21h, da última quinta-feira (29), em um lixão no bairro Santa Maria da Codipi. Os policiais que atenderam a ocorrência informaram ao GP1, que receberam a denúncia de um tiroteio na região, além de pedidos de socorro por volta das 17h, mas só conseguiram localizar o corpo no final da noite.

Foto: Fábio Wellington/GP1DHPP vai investigar o duplo homicídio
DHPP vai investigar o duplo homicídio

O último homicídio ocorreu na noite de sexta-feira (30), quando uma jovem identificada como Isa Maria, de 19 anos, foi assassinada no bairro Matadouro. O crime aconteceu na Rua Antônio Pedro, por volta das 21h40, quando dois homens chegaram atirando contra a mulher que estava na porta da casa de uma amiga.

Os crimes seguem sendo investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que tem um prazo de até 30 dias, que pode ser prorrogado para finalizar o inquérito.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.