GP1

Teresina - Piauí

Tribunal do Crime: família diz que jovem foi morto por engano em Teresina

O corpo do jovem foi encontrado com uma corda amarrada no pescoço no Rio Poti nesta quarta-feira (02).

A família de João Pedro Rocha Coelho, jovem encontrado morto no Rio Poti na manhã desta quarta-feira (02), acredita que ele foi assassinado por engano. Em entrevista ao GP1 na tarde de hoje, um tio do rapaz revelou que na verdade os criminosos queriam pegar um amigo de João Pedro, que estava com ele momentos antes dele ser capturado.

Ainda em conversa com a nossa reportagem, o tio da vítima, que preferiu não se identificar, não descartou a possibilidade do sobrinho ter sido morto pelo tribunal do crime. Ele teria sido pego por membros de uma facção, que achavam que ele pertencia a uma facção rival.

“No dia do crime, ele saiu de casa justamente para ir buscar a mulher [companheira], que está grávida. Ele estava na companhia de um amigo, quando eles entraram em uma rua do bairro Mocambinho o pessoal pegou ele. Só que na verdade os caras queriam pegar o outro, que conseguiu fugir. Vi os vídeos dele sendo agredido, mas não sei dizer se foram eles [tribunal do crime]”, contou.

Foto: Reprodução/WhatsAppJoão Pedro Coelho
João Pedro Coelho

Envolvimento com o crime

O tio de João Pedro admitiu que o jovem de 19 anos tinha envolvimento com o mudo do crime. “Facção, não sei se ele tinha envolvimento com facção, mas ele tinha envolvimento com coisas erradas. Até ficamos surpresos com tudo que aconteceu. Depois que ele entrou para esse mundo eu ainda cheguei a dar alguns conselhos”, afirmou.

Informação do desaparecimento

O tio ainda contou que soube do sumiço do sobrinho por volta das 23h de domingo, 30 de junho. “No dia do crime, já era por volta das 23h quando eu soube da primeira história que surgiu, que era a de que ele tinha sido morto. Logo depois, surgiu a segunda história de que ele tinha sido sequestrado”, afirmou.

Vídeos do jovem sendo agredido

Ainda na noite de domingo, vários vídeos começaram a circular em grupos do aplicativo de mensagens WhatsApp, sendo que em um deles João Pedro aparece falando que não pertence a nenhuma facção. Já no segundo vídeo, o jovem parece bastante machucado e com o rosto todo ensanguentado, e chega a falar que os criminosos queriam pegar outra pessoa.

Corpo encontrado

João Pedro Rocha Coelho foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (02) com uma corda amarrada no pescoço no Rio Poti, na Vila Mocambinho I, zona norte de Teresina. Logo em seguida, o corpo dele foi reconhecido pela família, que se dirigiu até o Instituto de Medicina Legal (IML).
Foto: Brunno Suênio/GP1Polícia Militar na margem do Rio Poti na zona norte de Teresina
Polícia Militar na margem do Rio Poti na zona norte de Teresina

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.