GP1

Teresina - Piauí

Limma desconversa sobre possível filiação de Firmino Paulo ao PT

O presidente do PT disse que só vai falar sobre novas filiações após votação no Congresso.

O presidente do Diretório do PT no Piauí, deputado Francisco Limma, evitou se pronunciar sobre as declarações do deputado Firmino Paulo, que confirmou pretensão de deixar o Progressistas para se filiar ao PT na abertura da janela partidária em 2022.

Limma desconversou e disse que novas filiações ao Partido dos Trabalhadores só serão discutidas depois da decisão do Congresso Nacional sobre qual regra eleitoral será implementada no País no ano que vem.

Foto: Alef Leão/GP1Francisco Limma
Francisco Limma

“Só iremos tratar sobre novas filiações após a votação definitiva sobre o retorno ou não das coligações proporcionais”, disse o presidente petista ao GP1 nesta sexta-feira (10).

Entrave

Em ocasiões passadas, membros do diretório do PT declararam resistência a entrada de novos deputados a sigla sob alegação de que isso prejudicaria petistas históricos que pretendem concorrer a vagas na Câmara Federal e Assembleia Legislativa do Estado.

Apenas os deputados Oliveira Neto (Cidadania) e Elisângela Moura (PCdoB) teriam carta-branca para ingressar ao partido de Francisco Limma. A justificativa seria o alinhamento dos dois parlamentares às bandeiras defendidas pelo PT. Oliveira, por exemplo, já foi petista.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.