GP1

Teresina - Piauí

Saiba quem é a funcionária do Tribunal de Justiça do Piauí presa por corrupção

Acusada foi presa no estacionamento do Fórum Cível de Teresina, ao ser flagrada recebendo propina.

O GP1 teve acesso, com exclusividade, a identidade da funcionária do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) presa nesta segunda-feira (16) acusada de corrupção, por cobrar propina de R$ 2 mil para agilizar o andamento de um processo na Vara da Família de Teresina. Trata-se de Kelly Layane Rodrigues Ferreira Gomes, 26 anos, funcionária terceirizada do TJ-PI.

A prisão em flagrante foi realizada pela Polícia Civil do Piauí, no momento em que Kelly Layane se dirigiu ao estacionamento do Fórum Cível de Teresina para receber o pagamento em dinheiro da vítima.

Foto: ReproduçãoKelly Layane Rodrigues Ferreira Gomes
Kelly Layane Rodrigues Ferreira Gomes

As investigações foram conduzidas pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e pela Delegacia Especializada no Combate à Corrupção, que contaram com apoio da vítima para concretizar a prisão.

O que diz a vítima

A vítima do ato de corrupção passiva é uma mulher que estava com um processo parado desde 2013. Por conta da morosidade, ela decidiu ir até a secretaria da 5ª Vara Cível de Direito da Família no dia 04 de maio, a fim de obter informações e cobrar o andamento da demanda processual. Lá, ela foi recebida por Kelly Layane, que se mostrou bastante solícita e pediu um telefone de contato para manter a vítima atualizada.

Dias depois, segundo a depoente, a funcionária do TJ-PI entrou em contato e pediu que a mulher se dirigisse até o fórum, onde ela fez a proposta de pagamento de propina.

“Kelly disse à declarante que tinha como agilizar o trâmite de seu processo e conseguir o despacho da autoridade judiciária, desde que a declarante pagasse a quantia de R$ 2.000,00. Kelly informou que esse valor também seria destinado a uma outra servidora da vara e que a declarante deveria pagá-lo o mais rápido possível porque a assessora responsável por minutar o despacho e/ou decisão estava prestes a entrar de licença”, afirmou a mulher no depoimento.

A partir daí, as duas começaram a dialogar, até esta segunda-feira (16), quando a vítima levou o dinheiro para entregar a funcionária, que chegou a recebê-lo dentro do carro no estacionamento do fórum, antes de ser abordada pela polícia.

Até o momento não há informações sobre essa outra funcionária do TJ-PI citada na conversa, que também estaria envolvida no esquema de corrupção.

Assista ao vídeo do momento que a funcionária recebe o dinheiro:

Uma servidora do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, que não teve o nome revelado, foi presa nesta segunda-feira (16) acusada do crime de corrupção, por cobrar R$ 2 mil de uma vítima para agilizar o andamento de um processo na Vara de Família de Teresina. Polícia Civil do Estado do Piauí #PortalGP1 #GP1 #Greco #TribunaldeJustiça

Posted by GP1 - O 1º Grande Portal de Notícias do Piauí on Monday, May 16, 2022

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.