GP1

Teresina - Piauí

Polícia Federal faz vistoria para garantir segurança de Lula em Teresina

Candidato do PT à presidência vai participar do “Ato Vamos Juntos pelo Brasil e pelo Piauí”, em Teresina.

A Polícia Federal realizou na manhã desta quarta-feira (03), uma vistoria no espaço Arena do Povo, antigo Cidade Folia, na Avenida Presidente Kennedy, para garantir a segurança do candidato à presidência pelo Partido dos Trabalhadores (PT) Luiz Inácio Lula da Silva, que participa do “Ato Vamos Juntos pelo Brasil e pelo Piauí”, às 18h.

O ato vai reunir no palanque o candidato a governador Rafael Fonteles e o candidato ao Senado, o ex-governador Wellington Dias, além do vice de Rafael, Themístocles Filho, e demais integrantes do grupo político. Segundo a coordenação do evento, a expectativa de público é de 40 mil pessoas.

Foto: Alef Leão/GP1Local onde será realizado o evento com a participação de Lula
Local onde será realizado o evento com a participação de Lula

Uma equipe de cinco policiais federais chegou às 8h30 ao espaço, cerca de 10 horas antes da chegada do presidenciável, com objetivo de montar um esquema de segurança e evitar qualquer tipo de ameaça à integridade de Lula.

A Polícia Federal passou a integrar a equipe de segurança de Lula no dia 22 de julho, um dia após a homologação dele como candidato do PT à presidência. O órgão assinou um protocolo com a campanha de Lula e explicou que a situação dele é classificada como nível de risco máximo.

O ranking de risco leva em consideração, entre outros fatores, o quanto o candidato é conhecido, e se já sofreu ameaças. A classificação de risco máximo permite que Lula tenha segurança diária da PF em todos os eventos que comparecer e até mesmo em sua rotina fora da agenda da campanha.

Além dos agentes da Polícia Federal, Lula também vai contar com integrantes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), por já ter sido presidente da República.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.