GP1

Política

TRE adia julgamento de ação que pede cassação do prefeito Veríssimo

O recurso seria julgado na segunda-feira (19), mas foi suspenso devido a um pedido de vista do juiz José Wilson Ferreira de Araújo Júnior.

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) decidiu adiar o julgamento de recurso interposto pela coligação "Santa Rosa Continua no Caminho Certo", contra a sentença da juíza da 5ª Zona Eleitoral que julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que pedia a cassação do diploma do prefeito Veríssimo Antônio Siqueira da Silva.

O recurso seria julgado na segunda-feira (19), mas foi suspenso devido a um pedido de vista do juiz José Wilson Ferreira de Araújo Júnior. Será marcada uma nova data para o julgamento do prefeito de Santa Rosa do Piauí.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal Regional EleitoralTribunal Regional Eleitoral

A coligação "Santa Rosa Continua no Caminho Certo” ingressou primeiro com a ação na 5ª Zona Eleitoral contra a coligação "Muito Mais Por Santa Rosa", o Partido dos Trabalhadores (PT), o prefeito Veríssimo Antônio Siqueira da Silva e o vice Francisco dos Santos por fraude na eleição.

Alega no processo que as candidaturas de Wanda Lúcia de Aquino, Eliete Pereira da Cunha Santos e Maria Medianeira da Costa Moura ao cargo de vereadora teriam ocorrido para simular o cumprimento da cota de gênero. A decisão foi julgada improcedente pela juíza da 5ª Zona Eleitoral pela falta de provas e então a coligação ingressou com recurso no TRE, pedindo a reforma da sentença e consequente cassação de todos os registros de candidaturas, proporcionais e majoritária da coligação.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.