GP1

Política

Jair Bolsonaro e Mandetta devem visitar hospital de campanha em Goiás

Bolsonaro e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), ensaiam uma reaproximação, e devem visitar juntos esse hospital.
Por Estadão Conteúdo

O presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmou nesta sexta-feira, 10, que deve visitar no sábado, 11, o hospital de campanha montado em Águas Lindas (GO), região conhecida como entorno do Distrito Federal. Na agenda oficial do presidente não há previsão de compromissos para a tarde desta sexta.

Na quinta-feira, 9, o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) publicou que Bolsonaro e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), ensaiam uma reaproximação, e devem visitar juntos esse hospital. Segundo fonte do governo, o compromisso deve contar com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Bolsonaro retornou no fim da manhã desta sexta ao Palácio da Alvorada, após visitar o seu filho caçula, Jair Renan, na região Sudoeste de Brasília. Enquanto esteve no apartamento do filho, manifestantes no entorno aplaudiam e vaiavam.

Mais cedo, ele esteve no Hospital das Forças Armadas (HFA). Ao sair, ele foi até uma drogaria, onde parou provocando aglomeração de simpatizantes e profissionais da imprensa que o acompanhavam.

O presidente não revelou o motivo da visita ao hospital e nem o que foi comprado na drogaria. Especificamente questionado sobre o motivo da visita ao hospital, ele desconversou por duas vezes. "Fui tomar um sorvete", afirmou da primeira vez. "Fazer exame de gravidez", acrescentou na segunda oportunidade.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Governo Federal libera só 1,5% das emendas para o coronavírus

São Paulo tem 30 mil exames de coronavírus à espera de resultado

Brasil pode atingir 100 mil casos confirmados de coronavírus em 14 dias

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.