GP1

Política

Ciro Nogueira critica "postura equivocada" do ministro Ernesto Araújo

O senador ainda falou sobre Arthur Lira e o presidente Jair Bolsonaro.

O senador Ciro Nogueira teceu críticas nessa sexta-feira (26) ao ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo, ao qual afirmou ser responsável por ter uma "postura equivocada" diante da pandemia de covid-19 no que diz respeito à relação do Brasil com demais países. A declaração foi dada em reportagem ao Poder 360.

A pressão sobre o ministro Ernesto Araújo aumentou nesta semana, depois que ele participou de audiência pública no Senado. “Se nós tivéssemos um ministro [das Relações Exteriores] com o comportamento, uma relação com outros países, principalmente esses países que tiveram a capacidade de ter a sua vacina, nós teríamos um benefício muito grande e não tivemos por conta dessa postura equivocada do ministério das relações exteriores”, disse Ciro Nogueira.

Foto: Lucas Dias/GP1Ciro Nogueira
Ciro Nogueira

A troca na pasta foi defendida por diversos senadores durante o encontro na quarta-feira (24). A Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) divulgou uma carta nesta sexta-feira (26) com pedido ao Governo Federal para demitir Ernesto Araújo por conta do seu “leque diverso de trapalhadas e atitudes destrutivas”.

Na avaliação de Ciro Nogueira, essa pressão sobre Ernesto Araújo deve surtir efeito sobre o presidente Jair Bolsonaro. Segundo ele, deve haver mudança na pasta mesmo que não seja com a saída do atual ministro, mas de postura do ministério. “Eu acho que vai [surtir efeito] ou na mudança de postura do ministério ou, se não houver isso, aí eu acho que fica insustentável a permanência do ministro. No caso de ele não mudar de postura e ajudar o país no que diz respeito às relações com países fundamentais que possam nos ajudar nesse momento.” relatou o senador.

Ainda na quarta-feira (24), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, subiu o tom em direção ao Governo e falou e acendeu o alerta de “sinal amarelo” pelos erros cometidos no combate à pandemia.

Apesar disso, Ciro Nogueira afastou qualquer problema na relação de Lira com Bolsonaro e disse que ambos têm relação franca e de confiança. Segundo ele o discurso do deputado foi “totalmente voltado” para a questão das relações internacionais e que o presidente sabe que o deputado jamais terá nenhuma atitude desleal com ele.

“É unanimidade, tirando talvez um grupinho mais ideológico, existe uma unanimidade de erro na condução do Ministério das Relações Exteriores. Principalmente nesse momento de pandemia que não contribui nada com país. Aquele discurso foi totalmente focado nisso.” completou o parlamentar.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.