GP1

Brasil

Lula foi diagnosticado com covid-19 durante viagem a Cuba

Além do ex-presidente, nove membros de sua comitiva também testaram positivo.

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), anunciou nesta quinta-feira (21) que testou positivo para covid-19, mas já está recuperado. O anúncio foi feito nas redes sociais, por meio de nota oficial.

Segundo a nota, Lula foi diagnosticado no dia 26 de dezembro de 2020, quando estava em Cuba. Nove membros de sua comitiva também testaram positivo. “Por estar fora do Brasil, o ex-presidente Lula decidiu comunicar a doença apenas na chegada ao país, para preservar sua família e dos demais infectados”, diz o comunicado.

O deputado federal Alexandre Padilha, médico infectologista e ex-ministro da Saúde, acompanhou Lula em contato direto com os médicos de Cuba. “O médico infectologista, ex-ministro da Saúde e deputado federal Alexandre Padilha foi comunicado desde o início e acompanhou toda a evolução da doença, em contato direto e diário com os médicos cubanos, que prestaram assistência diuturnamente à toda delegação”, consta no texto.

Na nota, Lula afirma que agora aguarda pela sua vez de tomar a vacina contra covid-19. “Estou preparado pra tomar a vacina, assim que tivermos vacina para todos. Sigo esperando minha vez na fila, com o braço à disposição para tomar assim que puder. E enquanto todos não se vacinam, vou continuar com máscara, evitando aglomerações e passando muito álcool gel”, declarou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.