Caso Donizetti Adalto: Contagem regressiva para a prescrição

- atualizado

Falta pouco mais de um ano para prescrever o crime que vitimou o jornalista Donizetti Adalto.

O ex-vereador Djalma Filho, acusado de ser o mandante do assassinato do jornalista, foi pronunciado pela Justiça em 19 de janeiro de 2000, marco inicial para contagem do prazo prescricional, que é de 20 (vinte) anos.

  • Foto: FacebookDjalma Filho Djalma Filho

O recurso de Djalma Filho se arrasta no Superior Tribunal de Justiça (STJ) há quase 12 (doze) anos, onde vem interpondo, com sucesso, uma série de embargos meramente protelatórios.

O processo está concluso desde 05 de dezembro. A ministra Maria Theresa de Assis Moura, vice-presidente da Corte, vai decidir acerca de mais um embargo.

A prescrição para o caso ocorrerá em 19 de janeiro de 2020.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Superior Tribunal de Justiça nega mais um recurso de Djalma Filho

Assassinato de Donizetti vai completar 20 anos e prescreverá em 2020

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811