GP1

Esportes

COB pede que atletas evitem redes sociais nos Jogos de Tóquio

O COB se manifestou publicamente em razão da polêmica envolvendo a goleira Bárbara.
Por Estadão Conteúdo

Após polêmica envolvendo a goleira Bárbara nas redes sociais, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) veio a público na madrugada desta quinta-feira, pelo horário brasileiro, para "recomendar" aos atletas que se concentrem em suas performances e evitem as mídias sociais durante os Jogos Olímpicos de Tóquio.

"O Comitê Olímpico do Brasil acredita que o período dos Jogos Olímpicos seja um período de muita emoção e extrema sensibilidade. Os ânimos ficam exaltados e é fácil ser absorvido pelas redes sociais, um ambiente ainda mais intenso de opiniões e fértil para discussões", anunciou a entidade, em comunicado.

"Assim, o COB recomenda fortemente que durante seu período competitivo em Tóquio, atletas e oficiais concentrem-se prioritariamente em sua performance e no contato com seus amigos e familiares através de canais diretos, evitando distrações que podem tirá-los do foco principal."

A entidade ressaltou ainda que já havia apresentado orientações a todos os atletas do Time Brasil sobre como proceder na redes sociais durante a Olimpíada.

Embora sem citar nomes no comunicado, o COB se manifestou publicamente em razão da polêmica envolvendo a goleira Bárbara, que está em Tóquio com a seleção feminina de futebol, e a atleta canoagem paralímpica Andrea Pontes. As duas discutiram pelas redes sociais após críticas de Pontes ao desempenho de Bárbara na Olimpíada. O bate-boca viralizou, principalmente por conta das palavras de baixo calão utilizadas pela goleira.

A maior parte da discussão aconteceu pelos perfis das duas no Instagram. Ao usar palavras mais fortes e palavrões, alguns de cunho sexual, Bárbara respondeu por mensagem direta. As mensagens privadas só foram vistas porque Andrea Pontes publicou a imagem da discussão em seus stories.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.