Teresina - PI

Francisco Limma diz que Ciro Nogueira sofre de "cegueira política"

“A pior prática é cuspir no prato que comeu. Apontar erros isso não é problema, porém, o erro é só ver defeito depois que rompeu. Isso é cegueira política, miopia política”, retrucou o petista.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O presidente do PT no Piauí, o deputado estadual Francisco Limma, voltou a rebater as críticas feitas pelo senador Ciro Nogueira (dirigente nacional do Progressistas) ao governador Wellington Dias (PT) e ao Partido dos Trabalhadores.

Limma afirmou que Ciro sofre de ‘cegueira política’, uma vez que só começou a apontar falhas na administração do Governo depois que rompeu politicamente com Wellington.

“A pior prática é cuspir no prato que comeu. Apontar erros isso não é problema, porém, o erro é só ver defeito depois que rompeu. Isso é cegueira política, miopia política”, retrucou o petista.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Estadual Francisco LimmaDeputado Estadual Francisco Limma

O impasse foi motivado depois que Ciro gravou um vídeo afirmado que Wellington Dias faz oposição ao Piauí no momento em que, por uma questão partidária, não abre diálogo com o presidente Jair Bolsonaro.

“O senador Ciro está tentando marcar posição. Ele hoje tem um posicionamento político. O governador Wellington Dias não fechou as portas, mas não pode deixar de observar a postura do Bolsonaro. O Centrão [grupo do congresso que Ciro integra] se vendeu ao Governo Bolsonaro, prova disso são as velhas práticas, como a do ex-vice-líder pego com dinheiro nas partes íntimas”, ironizou Francisco Limma.

O presidente do PT no Piauí ainda questionou as propostas de Ciro e do Governo Federal para o país a partir de 2021, com encerramento do auxílio emergencial e de outras ações aplicadas para suavizar os efeitos das crises econômica e social asseveradas pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“Quero ver como Ciro vai honrar o compromisso com Bolsonaro. Espero que ele tenha o que dar em janeiro, quando acaba o auxílio emergencial e o incentivo as empresas, quando serão suspensas as compensações aos estados. Ano que vem teremos 22 milhões de desempregados. Qual a proposta para retomada da economia?”, questionou o deputado petista.

NOTÍCIA RELACIONADA

Ciro Nogueira diz que Wellington Dias faz oposição ao Piauí