Brasil

Governo usará app para cadastrar quem tem direito a auxílio de R$ 600

O aplicativo poderá ser baixado a partir da terça-feira (7). O benefício é uma das medidas de alívio à crise econômica provocada pela pandemia do coronavírus – Covid-19.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou nesta sexta-feira (3) que será usado um aplicativo para celulares com o objetivo de identificar os trabalhadores informais que não estão em nenhum cadastro do governo, mas possuem direito de receber o auxílio de R$ 600.

O aplicativo poderá ser baixado a partir da terça-feira (7). O benefício é uma das medidas de alívio à crise econômica provocada pela pandemia do coronavírusCovid-19. Segundo a pasta, entre 15 milhões e 20 milhões de trabalhadores não estão atualmente em nenhum cadastro usado pelo governo.

Devem fazer o cadastramento pelo aplicativo:

De acordo o Ministério da Cidadania, poderão se cadastrar no aplicativo: trabalhadores que não estão no Cadastro Único do governo; contribuintes individuais do INSS; microempreendedores individuais.

Trabalhadores que já estão nos cadastros do governo, mas que não sabem disso e venham a tentar fazer o credenciamento pelo aplicativo, vão ser informados de que não precisam fazer esse registro.

Ainda conforme o Ministério da Cidadania, o dinheiro será creditado na conta bancária informada pelo trabalhador ou ele receberá uma autorização para fazer o saque nas lotéricas. A previsão é que esses trabalhadores possam começar a receber o auxílio 48 horas depois de concluírem o cadastramento pelo aplicativo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Guedes: 'em três meses, vamos gastar com auxílio mais do para ministérios'

Auxílio emergencial de R$ 600 é publicado no Diário Oficial da União

Covid-19: saiba quem tem direito ao auxílio emergencial do governo