Teresina - PI

Júri de envolvido na morte do cabo Claudemir é adiado pela 4ª vez

Marcado para acontecer nessa quarta-feira (21), o julgamento não ocorreu devido ao estado de saúde do réu, que foi baleado no mês de agosto desse ano, no bairro Parque Piauí.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O Júri Popular de Igor Andrade de Sousa, acusado de participar do assassinato do cabo Claudemir de Paula Sousa, ocorrido em dezembro do ano de 2016, no bairro Saci, foi adiado pela quarta vez.

Marcado para acontecer nessa quarta-feira (21), o julgamento não ocorreu devido ao estado de saúde do réu, que foi baleado no mês de agosto desse ano, no bairro Parque Piauí, e de lá para cá ainda não conseguiu se recuperar. Igor estava em um bar no bairro Parque Piauí quando foi alvejado com dois disparos de arma de fogo, um na região dorsal e outro no braço direito.

  • Foto: Divulgação/PC-PIIgor Andrade de SousaIgor Andrade de Sousa

O pedido de adiamento foi feito pela defesa do acusado que alegou que ele estava impossibilitado de comparecer à sessão por conta do seu atual estado se de saúde, tendo apresentado laudos, relatórios e atestados médicos.

  • Foto: Facebook/Claudemir SousaCabo Claudemir foi morto em dezembro de 2016Cabo Claudemir foi morto em dezembro de 2016

Igor Gordão, como é mais conhecido, foi apontado pelo Ministério Público do Estado do Piauí como o responsável para ceder aos assassinos as armas de fogo e o carro, de modelo Fiat Uno Vivace, utilizado no dia do crime que tirou a vida do cabo Claudemir.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Julgamento de envolvido na morte do cabo Claudemir acontece nesta quarta

Juiz remarca julgamento de envolvido na morte do cabo Claudemir

Júri de envolvido na morte do cabo Claudemir é adiado pela 3ª vez