Teresina - PI

Pablo Campos sobre brigas com Anuxa Kelly: 'nunca agredi ela'

Antes de prestar depoimento, Anuxa Kelly afirmou que vivia um relacionamento de muitas brigas com Pablo Campos.

Davi Fernandes
Teresina
Andressa Martins
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

O empresário Pablo Campos, acusado de cometer o feminicídio contra Vanessa Carvalho, disse em audiência realizada nesta sexta-feira (22) que nunca agrediu fisicamente sua ex-namorada, Anuxa Kelly, que foi atropelada no dia 29 de setembro deste ano e ficou em estado grave.

Antes de prestar depoimento, Anuxa Kelly afirmou que vivia um relacionamento de muitas brigas com Pablo Campos. “A gente sempre brigava bastante, sempre que a gente saia e o que mais me incomodava era ser deixada nos locais. A gente discutia e ele ia embora”, afirmou. Ela ainda disse que o empresário nunca relatou que não gostava da sua amiga Vanessa. “Ele não chegou a falar se tinha [algum problema], ele não disse para mim, então eu não sei dizer”, disse a jovem.

  • Foto: Alef Leão/GP1Anuxa KellyAnuxa Kelly

Já o empresário acusado pela morte de Vanessa Carvalho, confirmou que realmente brigava muito com Anuxa, mas que nunca chegou a agredi-la fisicamente.

“Alguns problemas, algumas brigas eu deixava ela no bar, para evitar alguns problemas. Ciúme eu tinha porque ciúme é um sentimento de quando você ama alguém. O ciúme é um sentimento que quase todo mundo tem, porque se você gosta de alguém tem o ciúme. Mas não era um ciúme de agredir, nunca agredi ela, nunca agredi outra pessoa, em nenhum outro relacionamento eu nunca agredi”, afirmou.

Alegou amnésia

Pablo Campos ainda disse que sofre de diabetes e que todas as vezes que ingere bebida alcoólica perde a memória, com isso, alegou que não se lembrou de ter atropelado sua ex-namorada e Vanessa Carvalho na Avenida Homero Castelo Branco.

  • Foto: Davi Fernandes/GP1Pablo Campos Pablo Campos

“Tinham dois policiais na festa que falaram que eu matei uma pessoa, que a Vanessa e a Anuxa foram levadas para o hospital, e com isso eu tentei me lembrar, mas não me recordo. Eu sofro de diabetes e nas vezes que eu bebia, eu tinha um apagão na memória. Não me lembro, infelizmente não me lembro de ter fugido de minha responsabilidade”, alegou.

Apesar de não lembrar de ter cometido o crime, o acusado de matar Vanessa Carvalho, assumiu a culpa. “Eu estou aqui para assumir que sou culpado pela morte da Vanessa, mas afirmar que lembro, eu não posso”, ressaltou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pablo Campos assume que matou Vanessa Carvalho e alega amnésia

Anuxa Kelly diz que não sabia que Pablo Campos não gostava de Vanessa

"Espero que ele vá a júri popular", diz mãe de Vanessa Carvalho