Teresina - PI

Última acusada de participar da morte do empresário Leandro César é presa

Iasmin Abreu Rocha é irmã de Sanatiel Abreu Rocha, de 24 anos, acusado de ser o autor dos tiros que mataram o empresário.

Débora Dayllin
Teresina
- atualizado

Uma das acusadas de envolvimento na morte do empresário Leandro César Sousa Gonçalves, em Teresina, no dia 20 de fevereiro de 2017, foi presa pela Força Tarefa da Secretaria Estadual de Segurança Pública nesta sexta-feira (22). Iasmin Abreu Rocha é irmã de Sanatiel Abreu Rocha, de 24 anos, acusado de ser o autor dos tiros que mataram o empresário, ele foi preso no último dia 25 de fevereiro na cidade de Palmas, estado do Tocantins.

De acordo com informações do major Audivan Nunes, coordenador da Força Tarefa da SSP-PI, a prisão ocorreu no final da manhã de hoje em Timon. “Ela foi presa no bairro Boa Vista, em Timon. Ela estava escondida em uma casa, mas nossa equipe de investigação conseguiu descobrir e hoje fomos lá e demos cumprimento ao mandado. Ela foi trazida aqui para o 3º DP, para aguardar qual será seu destino”, informou.

  • Foto: Divulgação/SSP-PIIasmin Abreu Rocha Iasmin Abreu Rocha

O major explicou ainda como se deu a participação de Iasmin no crime. “Ela tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de latrocínio, e se encontrava foragida. Ela é acusada de participar do latrocínio do empresário Leandro em 2017. Ela fez os levantamentos, foi em Demerval Lobão, viu o empresário saindo, ligou para o irmão dela, o Sanatiel, conhecido como Pequeno, passou todas as informações e ele ficou esperando o empresário chegar no Lourival Parente e abordou”, explicou.

Segundo Audivan Nunes, com a prisão de Iasmin Abreu Rocha, a polícia encerra a prisão de todos os envolvidos na morte do empresário, são eles: Francisco das Chagas de Oliveira Filho, André Vieira da Silva, Jonnes Eduardo da Silva e Sanatiel Abreu Rocha.

Relembre o caso

O empresário Leandro César Sousa Gonçalves, proprietário do depósito LM Bebidas e Gás, foi morto a tiros após reagir a uma tentativa de assalto no dia 20 de fevereiro de 2017, no bairro Lourival Parente em Teresina.

Segundo informações da Polícia Civil, a vítima vinha de Demerval Lobão com a quantia de R$ 21.840,40 dentro de seu veículo. Dois indivíduos o abordaram em uma moto e outros acusados davam apoio em um carro. Leandro reagiu batendo o carro contra a motocicleta, um dos indivíduos caiu e Sanatiel reagiu atirando contra a vítima.

  • Foto: Facebook/Leandro SousaLeandro CésarLeandro César

Nesse momento o veículo que estava dando cobertura se aproximou e resgatou o indivíduo acidentado o levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde foi preso. O dinheiro não foi levado pelos acusados.

Os acusados foram identificados como Francisco das Chagas de Oliveira Filho, André Vieira da Silva, Jonnes Eduardo da Silva e Sanatiel Abreu Rocha. Dentre os suspeitos, apenas Francisco das Chagas foi condenado a pena de 30 anos de prisão, por ter planejado o crime.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Empresário é assassinado a tiros no bairro Lourival Parente

Mentor da morte do empresário Leandro César é condenado à prisão

Suspeito de matar empresário Leandro César é preso no Tocantins

Polícia Civil apresenta acusado de matar empresário Leandro César