Teresina - PI

Wellington confirma aval a Assis para conduzir o PT também em Teresina

“[Após esse levantamento] Em 2020 aí sim, no período da eleição, nós vamos tratar de eleição”, antecipou o chefe do executivo piauiense.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O governador Wellington Dias (PT-PI) confirmou, durante entrevista ao GP1 na última quinta-feira (19), que realmente deu ‘carta branca’ para o deputado federal Assis Carvalho, que preside o PT no Piauí, coordenar o partido no processo eleitoral de 2020 em todos os municípios, inclusive, em Teresina. O chefe do Palácio de Karnak pediu a Assis que seja feito um levantamento do cenário político atual para que futuramente, o PT monte uma estratégia viável com vistas ao processo eleitoral do ano que vem.

“Ele [Assis] ficou de fazer esse levantamento para me dar um quadro e a posição da direção do partido para eu ter uma nação da estratégia que será trabalhada em 2020 [também em Teresina]”, explicou o governador.

  • Foto: Alef Leão/GP1Wellington DiasWellington Dias

Wellington Dias também sinalizou para sua participação efetiva no direcionamento do Partido dos Trabalhadores no pleito do próximo ano. “[Após esse levantamento] Em 2020 aí sim, no período da eleição, nós vamos tratar de eleição”, antecipou o chefe do executivo piauiense.

Impasse

As declarações do governador corroboram com as de Assis Carvalho que havia declarado recentemente à nossa reportagem, que contava com o aval do governador para coordenar o PT em todos os municípios, inclusive, em Teresina.

Em discordância com a interferência da executiva estadual, o vereador Dudu Borges havia desmentido Assis e acusou o companheiro de partido de estar blefando ao afirmar ter o aval de Wellington.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Assis diz que tem aval de Wellington para debater futuro do PT

Dudu diz que Wellington não autorizou Assis a debater futuro do PT