Política

Wellington rebate Ciro Nogueira: “eu só desejo que Deus o abençoe"

Ciro disse que o governador Wellington Dias vive em um “mundo de fantasia” e que precisa focar em gerir o estado. Em seguida o senador disse que o Consórcio Nordeste “é uma piada”.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Durante entrevista ao GP1 na manhã desta quarta-feira (30), o governador Wellington Dias (PT) respondeu às críticas do senador Ciro Nogueira (Progressistas), que avaliou o Consórcio Nordeste como “uma piada”. Wellington foi eleito por unanimidade presidente do consórcio na segunda-feira (28).

Wellington não se deixou atingir pelas críticas do ex-aliado e revelou estar bastante animado com a presidência do Consórcio Nordeste. O piauiense assumiu o lugar do governador da Bahia, Rui Costa.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Governador Wellington DiasGovernador Wellington Dias

“Eu só desejo que Deus o abençoe. Estou bastante animado com a confiança dos oito governadores do Nordeste. Acho que temos o melhor ambiente do ponto de vista de uma compreensão. Somos uma região do Brasil e do mundo que tem 54 milhões de pessoas, temos um dos maiores PIBs do planeta. O Nordeste brasileiro é maior tanto em população como em PIB do que 164 países do mundo”, afirmou.

Conforme o governador, ficará sob responsabilidade do governador do Maranhão, Flávio Dino, a parte política do Consórcio Nordeste. “O que acertamos foi que estamos revigorando o Fórum dos Governadores. O governador Flávio Dino vai cuidar, é a parte mais política e eu quero trabalhar o objetivo principal do Consórcio Nordeste, que é cuidar da gestão integrada, o plano de desenvolvimento do Nordeste de forma integrada”, continuou.

Turismo

Ainda de acordo com Wellington, embora os estados separados tenham suas potencialidades turísticas, será muito mais fácil fomentar o desenvolvimento caso estejam integrados e formem uma espécie de rota.

“Claro que o Piauí tem potencial de turismo, mas e se a gente trabalhar um plano que possa colocar regiões como o Delta do Parnaíba, Serra da Capivara, região do Parque Nacional de Sete Cidades, Teresina, região de Picos, Barragem Hidrelétrica de Boa Esperança. Se pudermos integrar isso com os atrativos que tem no Maranhão, no Ceará, Rio Grande do Norte, organizando como estamos fazendo agora, três aeroportos de referência internacional que são os de Fortaleza, Recife e Salvador, mas integrado com cada uma dessas regiões do estado”, seguiu o governador.

Integração

Além do turismo, Wellington destacou que o objetivo do Consórcio Nordeste é criar pautas para integrar a Segurança, Educação e Saúde dos nove estados da região.

“Também quero trabalhar a integração das experiências na área da Educação, Saúde, nessa própria área da Segurança. Vamos tratar dos interesses que tem para o Nordeste tanto perante o Congresso Nacional como o Governo Federal e junto ao Supremo. Onde tiver o interesse do povo nordestino, estaremos junto, trabalhando não isoladamente, mas juntos. Nossa força é nossa união”, finalizou Wellington.

Críticas

Ciro disse que o governador Wellington Dias vive em um “mundo de fantasia” e que precisa focar em gerir o estado. Em seguida o senador disse que o Consórcio Nordeste “é uma piada” e que não trouxe nenhuma ação efetiva para o estado do Piauí.

“Me cita uma ação desse consórcio aqui no nosso estado. Wellington vive em um mundo de fantasia. Está bom de ele vir gerir o estado do Piauí. Outro dia passou uma agenda do governador Wellington Dias em Brasília para receber a secretária da Mulher de Alagoas. Passou o dia inteiro. Ele tem é que vir gerir o estado. Esse Consórcio Nordeste é uma piada”, disparou Ciro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

“Esse Consórcio Nordeste é uma piada”, dispara Ciro Nogueira

Governador Wellington Dias é eleito presidente do Consórcio Nordeste

Consórcio Nordeste: Wellington deve priorizar vacinação contra covid-19