GP1

Ananindeua - Pará

Testemunha diz que ouviu gritos de tio de assassino em Suzano

O lavador de carros Rogers Evangelista Santos, 19 anos, disse ao G1, que escutou a vítima gritar repetidamente "É meu sobrinho!".

Uma testemunha relatou que escutou o momento em que o proprietário da locadora de veículos Jorge Antônio Morais foi baleado nesta quarta-feira (13), pelo sobrinho Guilherme Taucci, 17 anos, ele é um dos assassinos do massacre da escola Raul Brasil em Suzano.

O lavador de carros Rogers Evangelista Santos, 19 anos, disse ao G1, que também escutou a vítima gritar repetidamente "É meu sobrinho!".

"Eu escutei 3 tiros e me joguei dentro do carro que eu estava lavando. Só vi um menino virando a esquina. Ele estava com uma blusa com a parte de cima branca e a de baixo azul. Aí saí do carro e fui ver o Jorge no chão. Cheguei perto dele ele tava pedindo socorro. Repetia 'É meu sobrinho! É meu sobrinho!'. Ele pediu para eu ligar para a mulher e para o filho dele. Eu liguei, mas o filho dele mora longe, em Mogi. Chamei a ambulância e ela veio", relatou ao G1.

  • Foto: Facebook/Guilherme AlanGuilherme AlanGuilherme Alan

Jorge foi baleado pouco depois das 9h. Depois disso, Guilherme seguiu junto com Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, de carro para a escola onde foram efetuados os outros disparos. A escola fica próxima à locadora.

A morte de Jorge foi confirmada pelo secretário de Segurança Pública General Campos e pelo comandante geral da PM Coronel Salles durante coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (13). Ele morreu após passar por uma cirurgia no Hospital das Clínicas.

Até o momento, a polícia desconhece o que levou os jovens a cometerem esse massacre. Porém, segundo testemunhas, o tio teve uma discussão com o sobrinho nessa terça-feira (12).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Atiradores invadem escola, matam oito e se suicidam em Suzano

Polícia divulga nomes dos atiradores de escola em Suzano

Secretário de Segurança divulga nomes de vítimas do massacre em Suzano

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.