GP1

Teresina - Piauí

Ministro Ciro Nogueira sobrevoa regiões atingidas por enchentes em Teresina

O ministro João Roma veio acompanhando Ciro Nogueira. Eles foram recebidos pelo prefeito Dr. Pessoa.

Lucas Dias/GP1 1 / 10 Ministros Ciro Nogueira e João Roma em Teresina Ministros Ciro Nogueira e João Roma em Teresina
Lucas Dias/GP1 2 / 10 Ministro da Cidadania, João Roma Ministro da Cidadania, João Roma
Lucas Dias/GP1 3 / 10 Robert Rios Robert Rios
Lucas Dias/GP1 4 / 10 Dr. Pessoa Dr. Pessoa
Lucas Dias/GP1 5 / 10 João Henrique João Henrique
Lucas Dias/GP1 6 / 10 Helicóptero Helicóptero
Lucas Dias/GP1 7 / 10 Secretário Carlos Ribeiro Secretário Carlos Ribeiro
Lucas Dias/GP1 8 / 10 Ciro Nogueira Ciro Nogueira
Lucas Dias/GP1 9 / 10 Ciro Nogueira, Átila Lira e Dr. Pessoa Ciro Nogueira, Átila Lira e Dr. Pessoa
Lucas Dias/GP1 10 / 10 Políticos visitaram bairros alagados Políticos visitaram bairros alagados

Os ministros da Casa Civil e da Cidadania, Ciro Nogueira e João Roma, desembarcaram em Teresina na manhã desta quarta-feira (05), para iniciar uma série de visitas às cidades atingidas pelas chuvas no Piauí. Eles foram recebidos pelo prefeito Dr. Pessoa e outras autoridades.

Após desembarcarem no aeroporto, a comitiva embarcou em um helicóptero para sobrevoar as regiões mais prejudicadas pelas chuvas na Capital nos últimos dias. Em seguida, eles visitarão os bairros "in loco".

Dr. Pessoa disse que serão entregues projetos de emergência aos ministros solicitando ajuda do Governo Federal. "Estamos vivendo um momento de vulnerabilidade social devido às chuvas e a visita dos ministros Ciro Nogueira e Roma é bem-vinda, eu tenho certeza de que que eles não vêm tirar fotografia, eles vêm para receber nossos projetos de emergência para que o Governo Federal ajude Teresina e o estado", falou.

O ministro Ciro Nogueira destacou que eles vão conversar com todos os prefeitos para saber o que precisa ser feito por parte do Governo Federal. “Vamos conversar com os prefeitos, saber todas as carências com seus secretariados e quem vai dizer o que precisa ser feito não é o Governo Federal são os prefeitos que estão no dia-a-dia, e a minha presença e a presença do Joao Roma mostram essa determinação do presidente”, afirmou.

O ministro João Roma detalhou o trabalho que vai ser realizado pelo Governo Federal para ajudar as famílias que estão desabrigadas. “Uma calamidade como essa tem várias fases, em um primeiro momento precisamos cuidar das vidas, o resgate das pessoas, tirar as pessoas das áreas de risco, muitas pessoas, naturalmente, por terem uma vida muito sofrida conquistaram o pouco que tem com muito sacrifício e resistem em sair das áreas de riscos, que estão nas margens dos rios ou ao lado das barreiras, e é importante nesse momento a conscientização para que se preservem as vidas isso é o mais importante nesse primeiro momento”, declarou.

“Na sequência precisamos fazer o acolhimento das pessoas que estão sem poder voltar as suas casas, porque muitas estão condenadas e que podem ter desabamentos como ocorreu na Bahia. Temos que dar toda assistência, verificar questão do suprimento, não só alimentação, mas água potável, remédios, são muitos médicos que o Ministério da Saúde está enviando”, completou o ministro João Roma.

O ministro da Cidadania afirmou ainda que o Governo Federal tem feito seu papel, agindo até além de suas atribuições. “O Governo Federal tem se mobilizado além de suas funções constitucionais, o presidente Jair Bolsonaro tem acompanhado o assunto cotidianamente. O ministro Rogério Marinho ontem esteve em Minas Gerais com a ministra Flávia Arruda. São várias ações onde precisamos não só nos articular internamente no Governo, com várias feições tanto das Forças Armadas, através do Ministério da Defesa, o Ministério da Justiça, através da Polícia Rodoviária Federal, o Ministério da Saúde, Ministério da Cidadania que cuida da assistência social, do acolhimento dessas pessoas, o Ministério do Desenvolvimento que é quem coordena toda a parte da Defesa Civil, que tem transferido recursos para os municípios para uma pronta resposta e na sequência um levantamento de tudo aquilo que foi destruído pelas fortes águas para que posamos dar sequência à reconstrução”, declarou João Roma.

“Esse não é o momento de disputa política, partidária ou ideológica, esse é o momento de estarmos trabalhando todos para aumentar a eficácia das nossas ações em defesa da população que está sofrendo nesse momento, essa é a razão da nossa visita, temos o envio de mantimentos para Teresina e várias outras cidades do estado do Piauí”, concluiu João Roma.

Locais de visitação

A primeira parada será na Casa das Bombas, local das obras de um dique, na Rua Boa Esperança, bairro São Joaquim, zona norte da cidade. Em seguida, eles visitarão a Vila Apolônia, no bairro Mafrense.

A Escola Municipal Domingos Afonso, local que tem servido de abrigo às famílias afetadas, também no Mafrense, está na rota de visitações das autoridades. Ao final eles irão conferir as obras da galeria da zona leste.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.