GP1

Fortaleza - Ceará

São Paulo joga mal, empata com o Fortaleza e perde chance de entrar no G-4

Luciano coloca o time do Morumbi em vantagem na Arena Castelão, mas Yago Pikachu deixa tudo igual.
Por Estadão Conteúdo

Num jogo ruim tecnicamente, mas de belos gols, o São Paulo empatou com o Fortaleza por 1 a 1 no Castelão e continua sem vencer fora de casa no Brasileirão Série A. Luciano abriu o placar após linda assistência de Igor Gomes, e Yago Pikachu deixou tudo igual com um golaço de primeira. Ambos os gols foram marcados no segundo tempo.

O resultado é ruim para os tricolores, principalmente para o Fortaleza, afundado na zona de rebaixamento. O time cearense somou seu primeiro ponto e segue sem vitória na competição nacional. O São Paulo poderia entrar no G-4, mas caiu para o sexto lugar, com oito pontos. Fica, a cada jogo, cada vez mais evidente que a equipe de Ceni não consegue repetir fora de casa o desempenho apresentado quando joga diante de seu torcedor, no Morumbi.

Os dois têm compromissos pela Copa do Brasil na quinta-feira. O Fortaleza visita o Vitória em Salvador tranquilo, já que venceu o primeiro duelo em casa por 3 a 0. O São Paulo recebe o Juventude no Morumbi. Na partida de ida, no Sul, deu empate por 2 a 2.

Foi ruim a primeira etapa no Castelão. Fortaleza e São Paulo são times leves e intensos e, que, seguindo a ideia de seus técnicos, costumam procurar o gol com frequência. Mas jogaram com lentidão e foram protagonistas de um jogo sonolento. O chute de Alisson defendido por Max Walef poderia ser um indício de que os torcedores assistiram a uma boa apresentação no Ceará, mas não foi.

Os erros de passes em excesso, a falta de criatividade no meio de campo, a baixa competitividade e escolhas erradas no ataque dos dois times impediram que o jogo desenrolasse com qualidade. O São Paulo "matou" Calleri, que ficou só no ataque, cercado, na maioria das vezes, por três marcadores. O Fortaleza esteve melhor, rondou a área do adversário, cruzou muito para a área, mas sem efetividade. Pouco produziu.

Jogadores das duas equipes reconheceram o desempenho ruim e falaram em fazer ajustes para a segunda etapa. De fato, houve mudanças, mas só no São Paulo. Luciano entrou na vaga de André Anderson e foi decidido. De contrato recém-renovado, o atacante recebeu um passe magistral de Igor Gomes e bateu cruzado para marcar aos 11 minutos.

Ocorre que o Fortaleza também melhorou, sobretudo nas finalizações. Yago Pikachu calibrou o pé e fez um golaço. Juninho Capixaba virou para o camisa 22, que acertou um lindo chute, de primeira, sem deixar a bola cair, e empatou a partida aos 23. Depois disso, mais nada de positivo aconteceu no Castelão.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 1 X 1 SÃO PAULO

FORTALEZA: Max Walef; Ceballos (Lucas Crispim), Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Felipe, José Welison (Hércules), Lucas Lima (Robson) e Juninho Capixaba; Moisés (Depietri) e Romero (Renato Kayzer). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

SÃO PAULO: Jandrei; Rafinha, Arboleda, Diego e Welington (Reinaldo); Andrés (Pablo Maia), Rodrigo Nestor (Patrick), Igor Gomes, André Anderson (Luciano) e Alisson; Calleri (Eder). Técnico: Rogério Ceni.

GOLS: Luciano, aos 11, e Yago Pikachu, aos 23 minutos do 2ºT

JUIZ: Ramon Abatti Abel (SC).

CARTÕES AMARELOS: Diego, Benevenuto, Igor Gomes, Luciano, Yago Pikachu

PÚBLICO: 25.528 torcedores

RENDA: R$ 364.700,00

LOCAL: Arena Castelão.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.