Presidente do PT Gleisi Hoffmann defende Jair Bolsonaro

- atualizado

De uma hora para outra a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, passou a defender o presidente Jair Bolsonaro (PSL) de forças oriundas do Palácio do Jaburu, mais precisamente do general Hamilton Mourão.

O motivo é simples: a petista tem medo que “poderosos do mercado financeiro” apoiem um “golpe” contra Bolsonaro e Mourão assuma o poder, o que atrapalharia os planos do partido.

Em uma publicação no Facebook a senadora diz que Mourão seria a “solução” para aprovar a reforma da previdência, tendo em vista a “incapacidade” de articulação de Bolsonaro.

  • Foto: Estadão ConteúdoGleisi Hoffmann e Jair BolsonaroGleisi Hoffmann e Jair Bolsonaro

“A cultura golpista é intrínseca a classe dominante brasileira. Impressionante!”, diz Hoffman em defesa escancarada.

Para o PT, é muito mais fácil voltar ao poder com Bolsonaro na Presidência, levando em conta a falta de habilidade do presidente. Mourão é general e não se chega a essa patente à toa. Tem poder de articular e oferece medo ao PT em caso de impedimento do presidente, que se distancia cada vez mais dos problemas do país para ficar fofocando no Twitter.

Veja postagem na íntegra:

Cultura de golpe Os banqueiros e seus amigos na política, que apostaram tudo em Bolsonaro, já começam a mostrar...

Posted by Gleisi Hoffmann on Thursday, March 28, 2019

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811