GP1

Esportes

Técnico José Roberto vê Brasil mais equilibrado contra Sérvia

A seleção feminina venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/9 e 25/21, na manhã deste domingo.
Por Estadão Conteúdo

Com grande atuação do bloqueio, a seleção brasileira se reabilitou na Liga das Nações com vitória frente à Sérvia por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/9 e 25/21, na manhã deste domingo. Após o duelo, o técnico José Roberto Guimarães enalteceu o comportamento da equipe e destacou o apoio da torcida, que compareceu em bom número no ginásio Nilson Nelson, em Brasília.

"A retomada que o time teve depois da derrota para a Itália foi muito importante. Em menos de 12 horas já estávamos em quadra e tivemos uma atuação mais equilibrada. Temos que continuar trabalhando e ver o que tanto Estados Unidos e Itália estão fazendo de diferente. Foi uma semana complicada com adversários difíceis, tivemos a volta da Gabi e conseguimos três vitórias com o apoio da torcida em todos os jogos. Gostei da atitude do time depois da derrota para a Itália", destacou o treinador.

Quem teve atuação de destaque foi a ponteira Gabi, com 14 pontos. Após ser liberada da primeira semana, ela voltou para a sequência mais complicada que a seleção brasileira teve até o momento, ostentando a braçadeira de capitã após aposentadoria de Natália. Ela destacou a "virada de chave" da equipe.

"A torcida teve um papel fundamental na partida de hoje. Essa energia ajudou nosso time e começamos o jogo muito bem. Conseguimos virar a chave depois da derrota para a Itália. Nosso saque e bloqueio foram mais efetivos e com isso nosso volume de jogo voltou a aparecer. Agora vamos buscar essa classificação para a fase final na Bulgária", enfatizou Gabi.

Já a Central Carol pontuou o crescimento do Brasil após o duelo contra a Itália. Ela fez 13 pontos, sendo seis apenas de bloqueio. "Depois de tanto tempo voltar a jogar no Brasil com casa cheia foi incrível. Só tenho a agradecer a todos os fãs que compareceram e trouxeram essa energia incrível. O time está de parabéns porque soubemos superar a derrota contra Itália para conquistar essa vitória. Hoje bloqueamos e defendemos bem mais do que na partida contra a Itália", finalizou.

Com seis triunfos em oito jogos realizados, o Brasil ocupa a terceira posição da Liga das Nações, com 18 pontos, atrás apenas de Japão, que venceu todas as suas partidas até aqui, com 23, e Estados Unidos, com 21. A Itália tem 17. O próximo compromisso da seleção brasileira, já na terceira fase da Liga das Nações, acontecerá no dia 29 de junho, às 11h, em Sófia, na Bulgária, contra a China.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.