GP1

Esportes

Palmeiras quer manter aproveitamento e São Paulo busca vingança

Rivais duelam pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil neste quinta, no Morumbi.
Por Estadão Conteúdo

Protagonista de uma virada impressionante no último Choque-Rei, o Palmeiras reencontra o São Paulo nesta quinta-feira, às 20h, com o pensamento de manter elevado o seu aproveitamento em clássicos em 2022, ano em que foi superado somente em uma ocasião pelos seus principais rivais. A equipe tricolor quer vingança. Os times se enfrentam novamente no Morumbi, mas desta vez pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O Palmeiras tem um aproveitamento quase perfeito em clássicos neste ano: 87,5%, resultado de sete vitórias e apenas um revés em oito partidas. O time alviverde encontra o rival tricolor pela quinta vez em 2022. São três triunfos para o time de Abel Ferreira e um para a equipe treinada por Rogério Ceni.

O Palmeiras quer o penta na Copa do Brasil, torneio que venceu em 1998, 2012, 2015 e 2020. Para ir às oitavas, eliminou a Juazeirense, da Bahia. O São Paulo busca seu primeiro título da competição nacional. Na fase anterior, deixou o Juventude pelo caminho.

Enquanto o Palmeiras planeja ampliar para 20 partidas a série invicta na temporada, melhorar ainda mais seus bons números na temporada em que foi derrotado apenas três vezes e voltar para casa com um resultado que lhe deixe confortável para decidir no Allianz Parque a vaga às quartas, o São Paulo tenta a vingança diante do rival que o venceu de virada na última segunda, pelo Brasileirão, com dois gols nos acréscimos em um período de cinco minutos. O duelo de volta está marcado para o dia 14 de julho, no Allianz Parque. Não há gol marcado fora como critério de desempate.

A Copa do Brasil, cabe lembrar, dá ao campeão vaga à Libertadores e paga a premiação mais alta do futebol nacional. Quem chegar à final e vencê-la leva R$ 60 milhões. O valor final do prêmio depende de quantas fases o vencedor do torneio participou e se ele integra o Grupo 1, 2 ou 3. O total pode chegar a R$ 79,5 milhões, quase R$ 10 milhões a mais do que foi pago ao Atlético-MG pelo título de 2021.

Mudanças

Insatisfeito com a virada que seu time levou nos acréscimos, Rogério Ceni deve mexer na escalação, e em mais de um setor. Ele sinalizou modificações também em função do desgaste físico de alguns atletas.

Nas laterais, Igor Vinicius e Reinaldo podem dar lugar a Rafinha e Welington. No meio de campo, moram as principais dúvidas. Não se sabe se Ceni manterá o sistema com seis meio-campistas ou se vai tirar um para lançar mão de Luciano ou Eder. Os desfalques são os mesmos de antes: Andrés Colorado, Gabriel Sara, Nikão, Talles Costa, Alisson, Luan, Caio, Walce e Moreira.

Retornos

No Palmeiras, a expectativa é pelos retornos de Marcos Rocha e Raphael Veiga, ambos recuperados de um problema muscular. É mais provável que o lateral-direito seja escalado. Caso contrário, Mayke será titular ou Gómez continuará improvisado no setor. A volta do meio-campista, artilheiro do time na temporada, é tratada com cautela, embora ele tenha treinado sem restrições com os companheiros. Veiga é baixa desde o empate sem gols com o Atlético-MG, há quase 20 dias.

A tendência é de que Gustavo Scarpa siga centralizado como o principal articulador da equipe. O meia vive excelente fase. Ele alcançou a marca de 50 assistências com a camisa alviverde, que veste desde 2018. Nesta temporada, já são 11 passes para seus companheiros marcarem.

Abel Ferreira testou negativo para covid-19 e foi liberado para acompanhar a última atividade antes da partida. O português retorna à beira do gramado no Morumbi, onde esteve seu auxiliar, João Martins, na última segunda-feira. "É uma nova competição, é diferente do Brasileiro, mas o espírito é o mesmo. Estamos com os pés no chão, até porque se trata de um grande clássico", afirmou o atacante Rony.

SÃO PAULO X PALMEIRAS

SÃO PAULO: Jandrei; Arboleda, Diego Costa e Léo; Rafinha, Gabriel Neves, Rodrigo Nestor, Igor Gomes, Patrick (Luciano) e Welington (Reinaldo); Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

PALMEIRAS: Weverton; Mayke (Marcos Rocha), Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Gustavo Scarpa; Gabriel Veron, Dudu e Rony. Técnico: João Martins (auxiliar)

ÁRBITRO: Raphael Claus (Fifa/SP)

HORÁRIO: 20h

LOCAL: Morumbi

TRANSMISSÃO: Amazon Prime Video

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.